10.4.14

Um "Agora Escolha" altamente mitra



Imaginem que agora está aqui a Vera Roquette e que, ao terem feito um clique errado, em vez de entrarem num blog de quinta categoria, entraram numa máquina do tempo de igual categoria, o que será basicamente uma espécie de máquina de lavar com barulhos estranhos. Afinal de contas, o que se pode esperar de uma máquina do tempo que só usa palavras para descrever eventos.



De repente, estamos numa espécie de Agora Escolha, diferente do Você Decide em que Dona Guilhermina varreu o chef francês na luta pelo vosso abastecimento eterno de colesterol e felicidade num só prato. É diferente porque ao falar em Agora Escolha vocês pensaram logo nas séries que gostavam de ver nesse programa, isto se forem desse tempo, se não forem possivelmente estão a pensar “Mas que blog de trampa”, o que vem comprovar a teoria científica que alerta para o facto das pessoas que viam o Agora Escolha poderem ter um raciocínio mais lento na forma como se apercebem das coisas dos blogs.

Surge então a primeira desilusão do Agora Escolha, a programação do dia é uma trampa e, muito possivelmente estão reduzidos a escolher pelo mal menor. É que hoje os “programas” à disposição são todos sobre mim, em belos episódios do passado.

Programa A – Comédia sobre o dia em que Mak cuspiu numa mulher e foi convidado a sair com ela.
Programa B – Acção com Mak a entregar relógios de luxo num bairro complicado e a suar do bigode ao perceber que tem perto de 25 mil Euros em material num saco do Pingo Doce.
Programa C – Romance/Drama – Mak faz de Cupido e acaba a noite a ver cenas hardcore em cima de uma máquina de flippers.

Podem votar se quiserem, mas isto vai acontecer como na realidade, quando o programa em que votaram ia cinco votos à frente e, num instante mágico, o que estava em segundo somava dez votos, o vosso somava dois e a votação desaparecia, restando aguardar a Vera com os resultados e um sorriso sempre prazenteiro, como se não tivessem acabado de nos gamar à bruta.
A diferença é que os resultados são de hoje para amanhã.

E não se queixem que não têm direito a desenhos animados. Estes, de tão adulto e lixado que por vezes era o enredo, eram dos meus favoritos.




9 comentários:

  1. Programa B, programa B.

    Gostava daquilo :-)

    R.

    ResponderEliminar
  2. Programa A (eu adorava o agora escolha)

    ResponderEliminar
  3. Programa A.

    E agora vou ali descarregar uns episódios de Tom Sawyer, que fiquei cheia de saudades.

    ResponderEliminar
  4. Programa C e não se aceitam plágios da Jodie Foster.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eish, "Os acusados", que bela referência do fundo do baú :)

      Eliminar
    2. ;)

      (sim, era necessário piscar o olho)

      Eliminar
  5. Eu adorava o Agora Escolha, e de ver a Ana das tranças! :)))
    Ahhh e lembras-te que ela criou um clube de Penfriends?
    Tb aderi... :)))

    ResponderEliminar
  6. a minha irmã que ligava e fingia que era atendida (porque nem sempre se conseguia), só para me enganar! isto de se ser a mais nova e ser tão crédula...

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.