25.2.14

Cada um wasabe de si

Almoçar no japonês que é japonês e não chinês disfarçado de japonês, mas que não esconde ser chinês.

Glamour e pseudo-cagança gourmet?

Nem tanto, quando a dita fonte de sushi ocupa um cubículo num determinado centro comercial.

Como se destacar dos demais comensais?

a) Fazer habilidades com pauzinhos e esperar que ninguém fique cego na sequência do processo?
b) Pedir os ingredientes em separado e "montar" o próprio sushi à frente do resto da malta como se de um técnico da IKEA se tratasse?
c) Pedir uma litrosa de sake (não me obriguem a escrever saquê, que me faz lembrar alguém que não saiba quem é o Sá Pessoa)

"Sá quem?"

d) Optar por uma dose extra-supra de wasabe-especial-de-corrida-amigo-olhe-que-isto-por-si-só-já-levou-japongas-à-Lua e passar boa parte da tarde a bufar do nariz, tal a intensidade e o exagero de picante, com um ardor que faria do Minotauro um tipo invejoso, mais focado na raiva e não tanto no facto de ser um cornudo que tem a vida feita num labirinto.


Vocês podem escolher uma das opções, que eu já escolhi e já estou a dançar um belo breakdance à conta disso.

6 comentários:

  1. Pede sashimi :)
    Deixa-te de orientalices e tempera a coisa com sal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estivesse o tempo melhor e até era eu a tirar o peixe directamente do mar ;)

      Eliminar
  2. Vim conhecer o espaço. Andei por aí a ler umas coisas. Gostei. Não conhecia o blogue. Vou arrastá-lo comigo. Se não se importa sou capaz de dar cá uns saltos para dizer coisas, pode não ser grande coisa, mas é o que se arranja, apesar de me ter assustado um pouco com o: "Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar".

    "Pedir uma litrosa de sake (não me obriguem a escrever saquê, que me faz lembrar alguém que não saiba quem é o Sá Pessoa)"... ahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois então disponha e esteja completamente à vontade. A noção de falta de valor aqui no espaço é tanta, que estou sempre de portas abertas :)

      Eliminar
  3. Levar o peixe ainda vivo num baldinho com água?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não há baldinho a condizer com o meu estilo e eu ligo bastante a essas coisas.

      Eliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.