17.1.14

A minha opinião sobre o reverendo


O problema são as expectativas e o auto-conhecimento. Quando o segundo descarrila ou é desproporcional em relação à realidade (normalmente no pior sentido), aparecem os Randy Watson da nossa vida. Pessoas com um equilíbrio delicado entre o patamar em que julgam estar e o patamar em que as pessoas os colocam no mundo real. E pouco atreitas a lidar com as contrariedades.

As expectativas do Reverendo Brown mais não são do que o cruzamento entre a teoria de que devemos acreditar e defender o sucesso daqueles que nos são próximos e o resultado prático que é saber que há coisas que nunca passam de desejo à realidade.



E quando começo a fazer análise sociológica a partir do Coming to America, é sinal que não só é sexta feira como também que sinto falta da Whitney Houston.


PS – Sobre o referendo lá do mundo real. já fiz um post no Facebook. A minha complexa estratégia de social media impede-me de o duplicar aqui, antes que isto se torne um espaço relevante.

1 comentário:

  1. Gosto tanto, tanto, tanto deste filme! Tenho o dvd original! Sexual chocolate!

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.