5.12.13

O estranho caso da Feira que às vezes ainda é Popular



Tirando o "provisóriamente" e o circo que lá há dentro, isto até seria uma boa notícia. Mas depois penso que já passaram dez anos sobre o encerramento da Feira Popular e que basicamente nada mudou naquele espaço. Tirando que agora serve para reabrir esporadicamente com as mesmas funções e que no resto do ano opera como baldio.

Eu cresci com a Feira e, estranhamente, diverti-me lá que nem um miúdo num parque de diversões, isto apesar de achar que aquilo não se soube actualizar convenientemente. No entanto, olhando para o panorama geral de Lisboa, continua a parecer-me que faz falta um parque de diversões à séria. Só não proponho os estaleiro de Viana porque ficam longe...

Mas, se não é naquele espaço em Entrecampos, que parece condenado a ser um eterno "aquilo dava para tanta coisa, mas não vai dar em nada...", que seja noutro sítio. Sempre é melhor do que só existir na memória dos adultos e na imaginação das crianças.

1 comentário:

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.