19.12.13

Escadarias intocáveis

Sempre que penso nos Intocáveis, filme que vi ainda muito puto, a primeira cena que me vem à cabeça não é a do Sean Connery feito num molho de brócolos ao som de música clássica. Aquilo que me ocorre de imediato é a cena da escadaria e do bebé. Que se define mais facilmente via imagem do que em palavras.



Curiosamente, só muito tempo depois é que descobri que a coisa era uma espécie de homenagem à cena da escadaria de Odessa no Couraçado Potemkin do Eisenstein.


Drama abordado de uma forma diferente, contextos em dimensões opostas, mas uma informação que me faz parecer sempre bem quando se eventualmente se fala de cinema ou se esteja a trepar escadarias a correr em treino, só para imitar o Rocky Balboa no fim.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.