26.11.13

Vítima de humor rural

Depois desta conversa toda sobre humor, trabalho e teorias sobre o sucesso nesta área (destaco um belo ping pong na área de comentários), quero apenas dizer que me demito de opinador na matéria. Mas só no fim do post



Não pondo em causa a construção dos personagens, que já rendem há algum tempo desde a sua primeira presença televisiva, a minha questão é apenas - que sumo se pode tirar de uma longa metragem deste tipo de humor?

Vendo o trailer e conhecendo a área de intervenção dos personagens, faz-me lembrar a sequência de gags e alusões ao estilo mais brejeiro de uma Academia de Polícia ou um Porkys, mas com um delay de mais de 20 anos. Já face aquele estilo de humor europeu do "Bem-vindos ao Norte", parece-me a milhas em termos da riqueza do diálogo, construção de um enredo e por aí em diante. 
Estes "Sete Pecados Rurais" ou foram muito prejudicados pelo trailer ou são aquilo que são, uma extensão gigante do Tele Rural, mas em que a poção caseirinha de muita insinuação e truques de revista ganha todo o protagonismo.

No entanto, é um filme, é português e é uma comédia. Chegou onde muitos projectos não chegam. É certo que tal não o torna necessariamente bom, mas aconteceu e isso prova a expectativa de público para o mesmo.

Suponho que sejam boas notícias para esse público. Pena que eu não consiga perceber porquê ou, pior ainda, não o queira fazer.


2 comentários:

  1. "que sumo se pode tirar de uma longa metragem deste tipo de humor?" Dinheiro e absolutamente mais nada.

    ResponderEliminar
  2. Não, não são boas notícias Mak. E afirmo isto sem ter visto sequer o trailer. Um rim em como é uma treta. Mas ok, este é o país onde a TVI lidera as audiências, certo??

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.