15.10.13

Subject: Cada vez que carregamos no send morre mais um email


Boa tarde pessoas que escrevem emails,





Caso não saibam o email deixou em coma as cartas, tal como aqueles senhores diziam que o vídeo matou as estrelas da rádio. A nível profissional o email também açambarcou todos os meios escritos, enquanto ferramenta de comunicação privilegiada. Ainda assim, todos os dias se cometem barbaridades, essencialmente porque:



-        A malta terem uso frekuente dos meios, mas hoge em dia voçês não sabem a falta que fazem ter bases de escrita, seja a que nível for.



-        O uso de subjects que não são explícitos, não referem o assunto em causa ou são crípticos (o meu devia ser: Diagnóstico de problemas básicos no envio de emails, mas pronto uma piada estúpida é sempre uma tentação a que não resisto).



-        Confundir importância com IMPORTÂNCIA – URGENTE – ABRIR – NOVIDADES



-        Não definir uma linha coerente dentro do email, identificando os receptores, especialmente quando é um envio para múltiplas pessoas.



-        Colocar demasiado texto corrido. Já se sabe que ninguém gosta de ler, mas bullets ainda ajudam à compreensão e à resistência.



-        WTF, a reunião é TBC, mas é preciso ver ASAP ou OMDP se o ongoing vai ser do kkkkkk ou se vai ser a sério. Basicamente, siglas e termos técnicos são minas para quem tem níveis diferentes de internetês.



-        (Marlene, depois guarda aquele amaciador especial, que amanhã passo aí para fazer uma permanente, porque não resisti a fazer um aparte num email, que basicamente é algo que não existe e pode ficar para sempre perdido no meio desta molhada).



-        Se forem emails profissionais, deve haver um balanço entre a quantidade de emails que enviam e a informação escrita que lá vai. Quanto mais frequente, menos texto deve ter o email. Se andam a enviar lençóis de texto atrás de lençóis de texto é porque andam a poupar noutros meios de comunicação. Se se trata de documentação anexa, então não transformem o email num anexo.



-        Re:Fwd:Re:FWDFWD:RE:FWD:RE:RE – Uma cadeia de emails não deve ser uma novela. Simplifiquem, não acumulem bolos e tratem de um assunto de cada vez. Senão aparece o bicho do Neverending Story e come-vos a coerência (na melhor das hipóteses).



-        CC, BCC E WC – A má gestão dos dois primeiros dá origem a algo que se faz no terceiro.

- Desformatar tudo a nível de alinhamentos 
ajuda a promover desejos de morte
cibernética ou artrites graves nas articulações dos dedos.



Em anexo envio um documento que explica em detalhe como não deixar de ter amigos e colegas por ser uma besta a enviar emails.








Com os melhores cumprimentos, agradecendo desde já a atenção dispensada,



Um gajo a quem pagam para por vezes chorar a ver emails feitos por especialistas em comunicação.

6 comentários:

  1. "Só para ver se estavam atentos".

    A piada mais recorrente que vem na sequência do email que vem sem anexo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O anexo está do camano.

      Eliminar
    2. É um anexo com estilo, alcatifado e tudo ;)

      Eliminar
  2. e "drafts" pode-se usar na linguagem "e-malistica"?:)

    ResponderEliminar
  3. É por estas e por outros que despacho o e-mail logo no assunto :)

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.