31.10.13

Fui à boca ao meu computador

O c!"#%!"#% do computador é lesto a pedir-me relatórios quando crasha e me f#"$! parte do trabalho depois de me ter vindo com a tanga "Bebé, tem auto-save, vais ver que não dói nada".

Lá faço o restart só para descobrir que o c$!"$ão do crash me levou metade das pratas e o texto que sobreviveu tem um problema que fica algures entre paralisia de caracteres e uma possessão pelo espírito de um trovador do Azerbeijão.

Eu nem sou de dar vida a objectos inanimados mas se pudesse, querido computadorzinho, fazia de ti gente e ia-me a ti que nem um Carrilho em noite de Babá a nadar em piscinas de tinto e arrancava-te os tomates de RAM a pontapé enquanto te dizia "Faz lá auto-save desta m#"$#a bandalho, a ver se isso te ajuda a tonificar a memória".



1 comentário:

  1. A culpa é das bruxas! Elas hoje and(ar)am aí!!
    E são f#"$$&as com' ó c!"#%!"#%o.
    Scheimit

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.