19.10.13

E um dia deixas de apostar em ti



Entregas as fichas.
Ligas o piloto automático.
Dizes que isso não é para ti.
O tempo já lá vai.
Ainda se fosses mais novo.
Agora há quem o faça melhor.
Já não faz sentido.
Não tens vida para isso.
É preciso que alguém acredite.
As coisas são como são.
Está tudo organizado de outra maneira.
Simplesmente, já não dou para mais.
É outro campeonato.
Mais vale ficar pelo que se sabe.
Arriscar é para quem pode.
Se tu visses a minha vida...

Não consigo.
Está entaipada com desculpas da treta.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.