4.10.13

Domingo - Maratona de charme de Cascais à Expo


O sol irá brilhar no domingo. As pessoas normais, ainda com olhos chorosos depois de uns dias de chuva, correrão para as praias, para as esplanadas e para junto do mar, reclamando o calor e o cheiro a Verão que o estúpido do Outono mau já andava a querer roubar.



E as pessoas anormais?



As pessoas anormais, por exemplo eu, irão levantar-se por volta das sete da manhã, tomar o pequeno almoço dos campeões, equipar-se a rigor, apanhar o metro até ao Cais do Sodré e daí, provavelmente por volta das oito e mais, apanhar o comboio até Cascais.



Lá chegado, existirão sempre questões pertinentes: “Come-se mais alguma coisinha?”, “Faz-se um xixizinho para ir de bexiga tranquila?”, “Continua-se a fazer perguntas com diminutivos?”.



Depois, por volta das 10 da matina, podia explicar-vos o que vai acontecer, mas este vídeo consegue fazê-lo na perfeição.







Basicamente, se tudo correr bem, é assim que eu vou correr. E sofrer, voluntariamente e sem surpresa, mas é sofrimento e como tal, há sempre margem para queixume. Será a minha quarta maratona, segunda na minha cidade. Devido a várias condicionantes, estou ciente que dificilmente farei a minha melhor marca mas, neste tipo de provas, acima de tudo está a vontade de acabar e portanto o resto que se lixe.



O bom de ser em Lisboa é que vou ver amigos ao longo do caminho, amigos que têm um bocadinho de anormais, porque vão abdicar de parte da manhã de domingo para me incentivar por breves segundos. Os mais anormais, naquele registo hardcore friendly, vão tentar fazer alguns kms ao meu lado, dizem que há até quem vá de bicicleta naquela parte que antecede “o muro”, lá para os 35kms. Agradeço-lhes agora e agradecerei depois, porque durante não garanto que consiga. Seja às 11h na Praia da Torre, ao meio dia em Algés ou já depois das 13h em Santa Apolónia, é bom saber que podemos contar com gente anormalmente boa para apoiar as macacadas em que nos metemos.



A Expo vai ficar mais perto, mesmo que pareça que nunca mais lá chego.

7 comentários:

  1. ó aqui pra ti :the terrible and wonderful reasons why i run long distances- por oatmeal
    http://theoatmeal.com/comics/running

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é um comic de luxo, é o que eu posso dizer :)

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Sobreviveu-se, por isso deve também ter havido sorte à mistura.

      Eliminar
  3. Corra tudo bem.
    O meu tio mais velho, vai estrear-se aos 50 e alguns anos. É um anormal como tu. Daqueles que faz os 10 km's em 37 minutos.

    O meu "Respect". Não sou um dos teus, mas estou também, genuinamente, a torcer por ti.

    Grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, sejam cromos ou não, quem se meta nisto já sabe que vai haver ali muita lenha para se queimarem.

      No meu caso, esta prova foi suplício, mas tive amigos a acabarem bem melhor e isso que se deseja.

      Abraço e continuação de boa recuperação ;)

      Eliminar
    2. O meu tio teve uma contractura e tramou-se. Ainda acabou a prova, voltou a correr os últimos quilómetros, mas deve ter ido parar às 4 horas.

      Abraço e obrigado.

      Eliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.