14.10.13

A minha cena com zombies



Está prestes a começar a quarta temporada de uma série muito na berra (e tudo o que é pós-apocaliptico tende a estar na berra) chamada Walking Dead e isto não deve ser grande novidade para muita gente.



É um género pelo qual tenho interesse, tanto que acompanho a série e já conhecia a BD, mas não sou devoto e percebo quem não se sinta entusiasmado. No entanto, o que eu acho curioso, entre quem acha que zombies são coisas estúpidas e aquilo é um horror e essa história do apocalipse não faz sentido nenhum, é a falta de atenção ao paralelismo com a realidade.





Se descontarmos o buffet de carne humana, o que cada vez mais não falta por aí é gente que, mais do que viver, sobrevive, à procura de um lugar onde a sua vida possa fazer mais sentido ou anda por aí escrava da rotina, arrastando-se de dia em dia. Quem serão os zombies ou quem serão os bons?



Para que isto não pareça um espaço demasiado filosófico, até porque estou a escrever isto usando manga cava, fica outro crossover entre zombies e realidade – Para quando um cross venture entre o Walking Dead e a Casa dos Segredos? Seria engraçado comprovar que há gente que até um zombie é incapaz de comer...

1 comentário:

  1. Episódio inaugural. Check!
    Gente? Na Casa dos Segredos? Ai aquilo é gente?? Ok!

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.