8.7.13

Segunda feira de manhã – Quanto mais reclamas menos ela gosta de ti


 Sinceramente, não tenho pachorra para quem faz das segundas de manhã o Cabo das Tormentas da semana, o papão dos crescidos. Aproveitem o fim de semana ao máximo, seja para fazer tudo ou para não fazer nada e depois renovem o ciclo.

Chegar ao trabalho com uma disposição positiva a uma segunda feira é um bónus se gostam de irritar aquela massa acinzentada que se arrasta para o seu lugar, ainda a chorar pelo domingo que passou. Atenção, disposição positiva  não é o mesmo que estilo palhaço Batatinha com uma cenoura enfiada num local recôndito, porque isso já é excessivo.

Depois também há questão que passa pelo facto de eu nunca ter visto uma semana andar mais depressa, nem sequer um ponteirinho a avançar dois segundos em vez de um, por causa de gente a carpir por causa do trabalho que aí vem, o que ainda não foi e por aí em diante.



Por esta altura, já dois ou três de vocês estão a pensar “Este é daqueles irritantezinhos da trampa, com aquelas atitudes positivas armado ao guru das relações entre pessoas e dias da semana”. Enganam-se, dormi mal que até apita, tenho uma montanha russa pela frente no meu planeamento profissional e recebo sms de pessoas a caminho da praia. O meu instinto motivacional é zero. Só que me chateia ter a minha atitude determinada por calendários e já que nasci homem, porque raio é que teria que criar uma espécie de menstruação mental, com dias difíceis pelo meio. Deixo isso para os profissionais.

Assim, começa com pequeno almoço em casa, de janelas abertas e o tempo necessário para a transição mental. Sem fotos de instagram, porque isso seria uma perda de tempo para o efeito que se pretende, não partilhável com gente que esteja a mais do que dois metros de distância.

Depois passa pela peterpânica sensação de entrar de calções no elevador da firma, perante dez personagens corporate que ainda suspiravam pelo fim de semana que já era. Alguns poderão ter mentalmente justificado a minha indumentária com possível insucesso profissional, o que a mim só me aumenta o gozo mental.

Finalmente, o melhor que é conseguir chegar meia hora antes que 90% da restante maralha e entrar num espaço que está fresquinho, em silêncio e assim vai continuar mais um bom bocado. É nesse intervalo que por vezes, às segundas feiras de manhã, se consegue render mais do que no resto da manhã. Antes da chegada dos muros das lamentações, dos revivalistas de highlights de fim de semana e do resto da troupe.

O tempo rende tanto que até dá tempo para escrever posts pelo meio. E a segunda feira de manhã ainda nem vai a meio.

10 comentários:

  1. partilho da tua perspectiva em 90% das 2ªs feiras. Mas depois há aquelas em que chegas ao trabalho, estão 31º dentro do escritório (record absoluto), tentas ligar o AC e ... nada!!!
    Só te apetece dizer asneiras!!! ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também já me aconteceu, mas depois disse mesmo essas asneiras e, apesar de suado, senti-me melhor :)

      Eliminar
    2. eu tb disse, mas não tiveram impacto nenhum porque estava sozinha no escritório e assim não tem piada!

      Eliminar
  2. E... ainda fiquei mais deprimido. Obrigado, indivíduo que trabalha de calções e gosta do que faz. =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O gosto é uma questão global e sempre relativa em relação a 500 variáveis a ponderar (mas sim, admito que traço geral me enquadro aí), mas a parte factual do calçonito maroto essa sim é a verdadeira alegria (chinelo é que nunca, é o meu limite moralista)

      Eliminar
  3. Gostava de ser assim... Comigo, é numa base diária, porque alturas há que já embaralho os dias da semana.... passo a manhã em casa a resmungar o meu infortúnio, mas quando fecho a porta atrás de mim, o resmungo ficou lá dentro, e chego quase sempre bem disposta...isto se não derreter pelo caminho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isto não é uma perspectiva evangelista, sei bem que muitas vezes não se controla aquilo que se sente.

      Mas, não tenho é muita paciência para aquele nível de vira o disco e toca o mesmo de calendário.

      E ainda bem que há portas à prova de resmungo.

      Eliminar
    2. pior só mesmo as queixas relativametne ao clima! Ai que está frio, ai qeu está calor, ai que está ameno, ai que está anevar, ai que está a chover picaretas!!!

      Eliminar
  4. Finalmente alguém que pensa como eu! É de bradar aos ceús tanto lamento só porque é segunda-feira (e se não é por ser segunda, é por outra coisa qualquer).
    Scheimit

    ResponderEliminar
  5. oh, por algum motivo a música se chama manic monday e não manic saturday! Além disso, o meu ar condicionado está avariado desde outubro do ano passado...

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.