4.7.13

Primitivamente, era assim que se dizia que está calor lá fora

As redes sociais, os blogs, os dispositivos móveis e afins permitiram-nos evoluir. Agora podemos, minuto a minuto, informar todos à nossa volta sobre a temperatura que faz lá fora e, surpresa das surpresas, mostrar até previsões para os próximos dias.

Até porque cresce entre nós o flagelo das pessoas que vivem em grutas, isoladas da sociedade, sem terem acesso a mais do que um computador ou um smartphone, pelo que toda a informação sobre o tempo que faz ganha força, até porque é partilhada em tempo real.

E não podemos esquecer a nossa comunidade de amigos inuit, que não dispensará saber que enquanto constroem o seu iglu nós estamos a sonhar em ir a correr todos nus para dentro de um, de preferência sem assustar a família inuit que lá vive.


Antigamente, tudo isto não era possível e esta era a única maneira de demonstrarmos uns aos outros que lá fora, no mundo real, está uma brasa do caraças:


Sem comentários:

Enviar um comentário

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.