29.7.13

A minha genealogia de Gelados Olá


Há quem diga que em genealogia de gelados comuns, também se deve ter em conta a Camy. Para mim, gelado Camy que sobreviva ao tempo só o MaxiBon, portanto nem vou por aí. Na minha longa relação com a a Olá, descontando as variantes de restaurante, de gelados soft e porcarias pós-modernas, para mim o que conta é o que está na carta de cafés normais e quiosques.



Esta primeira imagem é de 1982 não é bem do meu campeonato, mas já tem alguns gelados míticos que eu sempre comi e alguns ódios que sobreviveram em cartazes posteriores.



Esta segunda imagem, como comprova o cabelo e o penteado da jovem deve ser de algures no meio/final dos anos 90 e tem alguns clássicos e experiências horríveis que nunca deviam ter existido.



Finalmente, esta é uma carta actual ou anda perto disso. Muita modernidade, muita escolha, mas nem sempre “muito” é sinónimo de bom. Mas vamos lá então, à minha genealogia:

Comido através dos tempos

Perna de Pau (clássico, a versão Mega mais moderna só marcha se não houver o tradicional)
Fizz (fora versão temporária de morango ou coisa parecida, que também não durou)
Cornetto Morango
Rol (já teve várias versões e o actual Magnum Caramel & Nuts para mim é um Rol e não um Magnum)

Comi mas agora é raro comer

Calippo (chupar gelo, no meu livro, tem o seu tempo)
Aqueles de gelo que não têm nome – Houve uma versão recente Abacaxi / Maracujá que despertou o meu interesse.
Epá (um clássico nostálgico, mas quando mexeram na pastilha, mataram parte da mística)
Mini Milk (tens pouco dinheiro e não queres gelo? Era a solução mas quando chegas a uma certa idade, dá-te um toque meio pedófilo)
Cornetos Fresh (Limão e Frutos Silvestres) foram descontinuados, mas o Limão está de volta e portanto está de novo no menu.
Solero – Gostava, tirando na versão pepitas manhosas, mas agora não me puxa.
Supermaxi – Foi sempre o parente pobre do Perna de Pau, a mesma coisa, sem morango.
Magnum – É muita experiência, muito marketing, os clássicos que ficam, aborrecem-me um pouco.


Não como e já disse que não como

Dedo e Pé (gelados a puxar ao fetichista que nunca me seduziram)
Cornetto Moka (café, essa não loucura para mim)
Twister e merdas em espiral que surgem periodicamente
Big Milk (cena pós-moderna, equivalente a um gajo de barba rija pedir um copo de leite num bar)
Perna de Pau em bolacha redonda (lixo e formatos semelhantes, lixo são)
Feast – Nunca houve empatia entre nós.
Super Mário (nunca me opeteceu comer operários fabris de consolas)
Palhaço – Não como gelados com conotação política.


De certeza que me estou a esquecer de coisas, mas se me surgirem acrescento. Agora vou lá abaixo tratar da saúde a um pirata e já volto.

22 comentários:

  1. Ahaha desse cartaz dos anos 90 lembro-me eu muito bem! :D que clássico! Eu sempre adorei os Magnuns (sobretudo o de chocolate branco e morango, o de amêndoas e o mint, agora descontinuado), os cornetos, o calipo de limão e de morango (melhor o primeiro), e claro, o perna de pau original. Gostava do feast, mas lembro-me que sempre que o comia fazia uma javardeira. O feast é o favorito do meu Bomboco.
    Eu continuo a gostar dos calipos. Nada a fazer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu problema com os Magnum foi terem virado linha de montagem e terem aquele apelo meio saloio de ah, isto sim, é um gelado premium com pauzinho.

      Fora isso, não são dos piores.

      Eliminar
  2. é oficial!!! no que toca a gelados os nossos gostos sobrepõem-se ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim senhor, é bom sabê-lo, especialmente numa corrida ao último Fizz num quiosque :)

      Eliminar
  3. e este? este esteve no ativo um verão e foi logo descontinuado, ainda bem porque deve ter sido das piores coisinhas que a Olá inventou, quantas vezes me engasguei! http://www.polyvore.com/cgi/img-thing?.out=jpg&size=l&tid=6832846

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exacto, o gelado que não é bem gelado é uma invenção da tanga, com um nome "Solero Shots" que só teria rendido se tivessem vodka e, mesmo assim, seria de nicho...

      Eliminar
  4. A minha lista parece-se muito com a tua, mas o Feast, o cornetto Limão e o Epá tb fazem parte do meu "Comido através dos tempos" (O Cornetto limão, nos anos em que existe)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Feast nunca me seduziu, tirando no registo "Dá aí uma trinca"...

      Eliminar
  5. Corneto de morango forever. Com o cone bem recheado de chocolate!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Clássico, embora tenha um amigo que odeia ficar com o chocolate para o fim e então começa logo por aí.

      Eliminar
  6. Não sou fã de Olá's. Gostava dos gelados da Veneziana , no Rossio... Cone com duas bolas, uma de limão, outra de morango, ou uma bruta fatia de cassata. Os do Santina, também se comem bem; agora que tenho um NosoloItalia ao pé de mim, estou desgraçada... Mesmo assim, não sou geladómana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sou fã de gelados artesanais e casas que se dedicam a isso (sem ser aquilo a que se chama gelado para encher o olho), mas cresci com a Olá como uma solução simples e acessível.

      Eliminar
  7. Eu sou suspeita porque gelados é um vício, gosto de praticamente todos. Quando ando de bicicleta escolho sempre o calippo de limão, é gelo, mas é óptimo para hidratar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já eu, quando corro, a única situação em que ocasionalmente como um gelado no fim é na meia maratona da ponte 25 de Abril, sendo que a Olá normalmente nunca escolhe o gelado certo para dar no fim, mas sim o que dá jeito despachar ou promover (nunca são os de gelo, quando deveriam).

      Eliminar
  8. Para mim o melhor era o Solero de limão, mas acabaram com ele. Gosto muito do Fizz. Magnum gosto do strawberry white, os outros acho muito doces, e muito caros para o gelado que é. Cornetos já gostei mais, só mesmo o de limão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já vi que há aí um toque de limão nas escolhas (recomendo o sabor lima da geladaria surf, que também existe na geladaria ao lado do mercado de Alvalade.

      Eliminar
  9. Para mim, o cartaz dos anos 90 foi o melhor de sempre: opções para todos os gostos e feitios! Depois de ter experimentado a maioria dos gelados, mantenho-me fiel aos cornetos de morango e pernas de pau clássico. Inventem o que quiserem, só como esses.
    Mas nada supera os da carrinha dos gelados à saída da escola primária :) Bons tempos!
    Scheimit

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tinha mais vezes a carrinha da polícia do que a dos gelados à porta da escola. Ainda assim, 90's rule na Olá :)

      Eliminar
  10. Eu gosto de gelados ácidos. O de gelo com sabor a maracujá foi das melhores coisas que inventaram,pena que saiu. O Solero de frutos do bosque fazia água na boca, tb saiu... Gostei em tempos do calippo de limão, mas passei a achar nojento uma vez que olhei bem para o fundo o copo e percebi que aquilo depois de desfeito fica meio viscoso... parece ranhoca.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse de maracujá era de facto bem bom, mas dá-me ideia que esses hoje em dia não vendem. Calippo, como disse, já teve o seu tempo.

      Eliminar
  11. Como é possível não gostares do Pé?! Blasfémia autentica. Houve na minha infância um que adorava, o Upa Upa eu sei que remete um pouco para o Sinhozinho Malta, mas ainda assim... era muito bom. Encontrei o catálogo onde ele existiu neste blog: http://viagensaopassado.blogs.sapo.pt/23056.html

    Espreita e vê se te lembras ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só o facto de dizer "comi um pé" já me tirava a vontade de provar, mas segundo me recordo era de morango e não na versão falsa e apetitosa do perna de pau.

      E sim, lembro-me vagamente do upa-upa.

      Eliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.