24.6.13

Ir a pé do trabalho para casa é a alegria de uma minoria - Posts à pressão #6


Sou português, gosto de me queixar. Às vezes faço-o quando saio do trabalho e me dá para ir a pé para casa, uma viagem que nem chega a meia hora em linha recta. Mas depois apercebo-me da sorte que é poder fazer isso quando quero. Que há gente que demora o dobro ou o triplo para chegar a casa de carro ou de transportes e vê fatias de tempo da sua vida a serem cortadas à bruta. Que há outros tantos que não percebem que andar a pé na cidade em que vives no teu quotidiano, quando tal é por opção, é uma mais valia não declarada em IRS. Só que acabo de escrever IRS e isso faz-me lembrar outra vez que sou português, que está um calor desgraçado e que ando a ler um livro de 1200 páginas. Vou então preparar-me para ir a pé para casa e já tenho com que me entreter para resmungar pelo caminho.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.