14.6.13

Coisas que se ouvem quando os outros bebem



Nos últimos dias tenho aproveitado os arraiais que por aí andam para beber menos e ouvir mais, essencialmente porque a maioria das pessoas nesta altura faz exactamente o contrário, bebe a mais e nem ouve o que está a dizer.

Assim, eis uma pequena recolha de sabedoria etílica de arraial popular:

- Elas querem-te, Basílio!!
(Basílio, completamente bêbado, ao ouvir isto volta-se para duas idosas gaiteiras que vão a passar e manda-lhes um beijo, ignorando por completo as duas miúdas de bom porte que iam a passar do outro lado e que eram alvo dos comentários dos seus amigos)

 - Fdx, porque é que estás sempre a querer falar inglês, c#”%”%lho?
(Amigo indignado protesta com outro, que tenta explicar tudo sobre os Santos a qualquer estrangeiro que pare ali ao pé deles)

- Eu tenho dinheiro, tá! Não tenho é dinheiro para tshirts, ok?
(Jovem urbana, meio trendy, meio anarca, expressa um certo posicionamento dúbio sobre o capitalismo. No entanto, aparenta ser mais grave que lhe pareça faltar tempo para um banho)

- Com a sangria da Tia São, bebes até cair para o chão, man.
(Slogan proclamado por um jovem à minha passagem pela banquinha que se presume ser mesmo da Tia São, visto que o jovem se encontrava efectivamente caído no passeio, com um copo de sangria na mão)

- Caraças, é uma grelha não são mamas, não é preciso estar lá sempre a meter a mão. Mexes só quando for preciso.
(Ilustre conhecedor da grelha, já bastante vermelhusco, passa saber a jovem aprendiz)

- Ca granda fartura, ca granda fartura. FDX, é a fartura das farturas.
(Gajo que na realidade está a comer um churro com doce)

- Só não te dou um beijo por causa das espinhas da sardinha.
(A cara de alívio da miúda que se livrou da beijoca valeu mais do que a frase)

11 comentários:

  1. Respostas
    1. Baco não podia prever efeitos assim. Deve ser de um gozo extremo observar lá do Olimpo estas cenas...

      Eliminar
  2. Ah ah ah! Autênticas pérolas! :D

    http://agirlsdream-blog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Nossa, que maravilha. Fico ansiosamente à espera do próximo Sto António. Já agora, o S. João não está nos teus planos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O ano passado quase que fui em tournée ao S.João, mas este ano já é uma certeza que vou ficar de fora.

      O que não significa que o potencial não esteja lá.

      Eliminar
  4. AS últimas 3 são um máximo... :)

    ResponderEliminar
  5. In Vino Veritas.... Que o diga eu que não bebo, e passo a vida a dar bacoradas...

    ResponderEliminar
  6. Maravilhoso. A das mamas bate qualquer citação filosófica.

    ResponderEliminar
  7. também devo ter dito belas pérolas...
    ;)

    ResponderEliminar
  8. A das mamas, realmente, é uma maravilha da pos-modernidade.

    ResponderEliminar
  9. Assumo-me como uma "bacoradeira" depois de dois goles.... Eu normalmente não bebo, por isso qualquer "mine" ou imperial me põe a recitar os Lusíadas de trás para a frente...

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.