19.6.13

A vantagem de ter dealers bacanos


Seja de música, de livros, de “cenas” ou, para os mais tradicionalistas, de drogas, toda gente tem os seus dealers de eleição. São aquelas pessoas que, não sendo necessariamente as que mais falam nisso ou que mais fazem por mostrar que percebem de um dado assunto, quando nós precisamos, nos arranjam material do bom.

Muitas vezes os dealers trazem-nos material novo, noutros casos são eles que sacam do baú material antigo que mais ninguém conseguia arranjar e, tirando nos casos da droga, fazem tudo isso sem cobrar.



Um dos meus dealers de música ouviu-me hoje a trautear inconscientemente esta música, sem que me conseguisse lembrar de onde é que ela era. Passado pouco tempo, sem ser a pedido, envia-me o link do álbum inteiro e lá passei eu a tarde inteira a dar-lhe nisto.

Obrigadinho dealer, se a música não fosse legal fica sabendo que ia ter contigo a qualquer bairro chungoso para continuarmos a nossa relação.

2 comentários:

  1. Muito obrigada,caro Mak, pela "cena". Está em loop. Agora não lhe largo a porta, como junkie musical que sou, na expectativa de novas experiências. E não quero saber se o bairro é chungoso e tem troca de tiros à noite, ou matilhas de cães raivosos e abandonados em fúria...

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.