14.5.13

Se a realidade é uma banana, quero vê-la descascada



Gosto de ouvir teorias alternativas. Mas gosto de as ouvir da parte de gente que acredita verdadeiramente nelas, de um ponto de vista saudavelmente alucinado. Apanhem-me com a disposição certa e eu vou deixar que tragam até mim a vossa versão da Twilight Zone. Viram um porco a levitar na A5? Quero saber se ia em direcção a Cascais ou se saiu para Miraflores. Conhecem uma stripper que cospe fogo e faz espetadas de salmão durante o seu número? Quero saber se o peixe é fresco ou congelado.

Deixaram de acreditar nas relações com o sexo oposto e têm saído com um orangotango? Quero saber que tipo de restaurantes é que ele prefere.


4 comentários:

  1. não sei se ele tem razão sobre sexo com animais exclui com pessoas. olha a chicholina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nesse caso a culpa foi do cavalo, que não lhe soube dar o valor devido e tornar a relação mais estável. Basicamente, esteve-se a relinchar para ela...

      Eliminar
    2. A culpa? não estou a ver por que qualquer culpa é chamada para aquele assunto...:)

      (acho piada às tuas respostas sempre prontas com trocadilhos, nunca percebi como algumas pessoas parecem ter um jeito inato para isso, vem nos genes?)

      Eliminar
    3. Culpa no sentido lato e absurdo de que se o cavalo tivesse jogado as suas cartas como deve de ser, a Cicciolina nunca teria voltado aos homens, daí o paralelismo com o que o Chapelle descreve "once you go monkey..."

      (não sei se é inato, se é doença mas, seja como for, é-me muito difícil controlar vertente ;) )

      Eliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.