8.12.12

O Tom Sawyer corria descalço, eu ainda não

 

No meu imaginário vive uma recordação específica dos desenhos animados do Tom Sawyer, em que ele corria paralelo ao rio, sem ténis nos presuntos, com um barco a vapor ao lado. Lembro-me de pensar que nunca poderia fazer isto porque não era nada fácil encontrar barcos a vapor.

Hoje em dia continuo a pensar que não se encontram barcos a vapor em qualquer esquina, mas pelo meio das corridas todas que faço existe o projecto de um dia correr descalço. Não vai ser tipo promessa, para acabar com os pés feitos em carne picada, mas tenho vindo a encarar essa hipótese e lido sobre o assunto.

Possivelmente, o primeiro passo será comprar uma espécie de ténis que simulam o correr descalço que, não sendo propriamente ténis, são mais uma capa protectora. Depois logo se vê se chegamos à fase Tom Sawyer, pelo menos em prova.

Para amanhã, na MeiaMaratona de Lisboa, que dá direito a passar pelo centro da cidade e a chamar nomes pela subida toda da Almirante Rein, ainda vou em formato pseudo-corredor normal e a pensar no divertido que é correr só 21kms num percurso em que o ano passado fiz 42.

Caso sejam entusiastas da modalidade ou de sofrimento dominical matinal, podem estar atentos ao dorsal 3365 algures no percurso Santos-Algés-C.Sodré-Almirante Reis-Alvalade. E se assobiarem a música do Tom Sawyer à minha passagem, pelo menos vou saber que vocês sabem do que eu estou a falar.
 


8 comentários:

  1. Eu detesto correr, e correr descalça seria provavelmente o meu pior pesadelo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só se não te esforçares muito, há pesadelos bem piores ;)

      Eliminar
  2. Eh...só hoje vi o teu post!
    Pois teria dado força para subir a Almirante.
    Embora eu tenha apanhado o metro, é o desporto dos acompanhantes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O ano passado, quando fiz a maratona, também me deu muita vontade de subir de Metro...

      Eliminar
  3. Espero que tenha corrido bem.
    Entretanto, parece que correr descalço é, teoricamente, mais vantajoso a nível de saúde (!).

    Encomendei um livro sobre isso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Corri bem sim senhor.

      Procura este nome, Christopher McDougall - Born to run. Tem coisas muito interessantes nessa matéria.

      Mesmo o pessoal que corre descalço muitas vezes não dispensa uns five fingers, porque em pisos tipo gravilha não há milagres...

      Eliminar
  4. Os genes da corrida foram todos para o teu lado, pá. Eu é mais bici.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seja a correr, de bike, a nado ou em vôo de asa delta, o que interessa é o sorriso trocista e o ar descomprometido com que se chega ao destino ;)

      Eliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.