19.10.12

A onomatopeia de um tiro


Quando dei por isso, esta sexta feira já se tinha transformado numa espécie de Godzilla de tempo em que, depois de já ter trabalhado até à uma da manhã, dormi, fui ao dentista, trabalhei, almocei com parente aniversariante, trabalhei de novo, daqui a bocado vou para uma espécie de formação a que me vou submeter como acto de contrição, uma contrição de para aí 4 horas (19-23), para depois ir ter com amigos ao outro lado da cidade e meter-me numa espécie de tertúlia que, na pior das hipóteses, acaba lá para as quatro da manhã.


A bem da minha sanidade mental ou de que resta dela, vou tentando ocupar as migalhas de tempo que me restam com as questões que realmente interessam no mundo que nos rodeia.

Primeira: Porque é que em edifícios com vários elevadores, cada um deles não tem uma banda sonora de estilo diferente. Exemplo: “Não vai subir no elevador dos 80’s?” / “Deixe estar, obrigado, estou à espera do de Reggaeton”

Segunda e realmente importante: Qual a melhor onomatopeia para um tiro?
Esta questão, quando não avaliada devidamente, pode fazer um tiro passar por gases, um acorde de guitarra ou até mesmo um rufar de tambores.

Para mim, uma solução de top é “Tu-néeeeeeeunmmm”, sendo que esta não é a solução comum, porque implica um ricochete algures.

Eu disse que ainda me restava sanidade mental?

12 comentários:

  1. De sanidade não percebo mas a ideia dos elevadores é de valor! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só não começo uma petição online, porque a net já está em sobrecarga das mesmas...

      Eliminar
  2. Qualquer coisa do género...

    ResponderEliminar
  3. Acho que vou refletir sobre isso este fim de semana. Até nem tinha nada que fazer.

    ResponderEliminar
  4. Acho que é schtuunc, mas estou inscrita para um curso de tiro no próximo mês e depois venho cá contar tudo.

    ResponderEliminar
  5. Uma boa onomatopeia para tiro está naquela musica dos incriveis: "Rata-ratatá-rata-ratatá". Ou o "bang! bang! bang!"

    :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O rap das armas (banda sonora da Tropa de Elite, salvo erro) é todo um curso de onomatopeias bélicas ;)

      Eliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.