9.10.12

À conversa com o meu sono


Como nunca tive muita confiança com insónias e aos pesadelos só os vejo de longe em longe decidi, uma vez que estava acordado, ter uma breve conversa com o meu sono.

“Ouve lá pá, o que é que te aconteceu? Antigamente vinhas ter comigo, estávamos sete, oito horas juntos de seguida, sem grandes interrupções e às vezes até mais tempo, aos fins de semana e agora é sempre complicado...estás diferente.”

O meu sono, como eu o imagino,  olhitos sapudos e ensonados, olhou para mim achando muito estranho agora já existirem conversas entre sono e pessoas. Ainda assim, respondeu.

“Pois, sabes, os tempos mudam, eu mudo, tu mudaste...”

“Fdx, mas isto agora é uma aula de gramática sobre o verbo mudar? É suposto seres sono, não tédio...”

“Ok, o facto é que tu já nem reparas em mim, tens sempre tanto que fazer que quando vens ter comigo queres tudo à bruta, sem mistério, nem um flirtzinho. Aterras e pronto”.
Aviso-vos, não há nada mais deprimente do que sono a fazer beicinho. Ainda assim respondi:

“Epá, reparei sim senhor, sei que estás mais leve, que já não ficas comigo até tão tarde, que desapareces por instantes a meio da noite, várias vezes, e depois voltas de fininho sem explicações. Que estás mais gozão e me tentas seduzir depois do almoço ou quando preciso de escrever até mais tarde e...”

Reparei então que o sono, apesar de não ter pernas, se estava a pôr a caminho, mas não era de mim. Tentei chamá-lo “Então, vais-te assim embora? Pensei que íamos fazer alguma coisa juntos hoje ainda...”

Sem se virar, respondeu “Jovem, a tua conversa dá-me sono e isso, até para mim é estranho”.

Dou sono ao sono, mas ele cada vez me dá menos sono a mim. É este tipo de relações a que uma pessoa se sujeita nos dias que correm.

5 comentários:

  1. Quando... queres tudo à bruta, sem mistério, nem um flirtzinho... sujeitas-te!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É por aí, o sono não vai em cantigas de embalar...

      Eliminar
  2. Apetecia-me fazer uma detox de blogues de coisinhas fúteis, o meu incluído, e resolvi vir até cá, e a verdade é que continuas a não desiludir:) gostei mesmo deste post, o meu sono tb anda assim, parece que se aborreceu de mim! bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Atenção, agradeço a visita, mas a futilidade continua a ser servida na ementa do dia por estas bandas ;)

      Eliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.