16.8.12

Até os gelados fazem liftings




De um lado, um pirata baixote, barba desgrenhada, uma botifarra old school e um coto de madeira como mandam as regras da pirataria. Degusta sem medo o seu gelado e tem na mão o que tanto pode ser uma faca, símbolo da sua virilidade, como uma banana com um suporte esquisito.
Do outro lado, algo que se aproxima rapidamente de um pirata meio abichanado. A sua roupinha denota um cuidado mais apurado na escolha da indumentária, algo muito suspeito para um pirata, assim como ostenta uma barba demasiado alinhada para um tipo que só sai do barco para semear o pânico e comer gelados. Tem um coto de madeira a condizer com o sapatinho, ambos novamente suspeitos e come, não um, mas sim três gelados, certamente para suprir necessidades emocionais. Tanto a pose, como a forma como gesticula indicam um triste futuro na pirataria, mas grandes probabilidades de sucesso nas danças latinas.

No miúdo da esquerda, vê-se uma atitude despreocupada, certamente passada pelos pais hippies e as mãos nos bolsos retratam fielmente uma juventude que sabe a importância que um futuro na política pode trazer. Faz um balão rebelde com a pastilha, mostrando atitude e um azul muito comum entre alimentos provenientes da natureza. Não sabemos para onde vai, mas sabemos que, a comer Epás assim, certamente vai longe.
Do outro lado, é nitidamente um panhonha disfarçado de radical. Ai tenho um skate, sou um grande maluco, mas tenho mais protecções do que alguns soldados na Guerra do Golfo, porque os meus pais não me deixam sair de casa assim à maluco, porque depois fico aleijadinho. Ai, ai, o meu gelado tem pastilha, mas é sem açúcar, porque depois acabo como o Luisinho, o menino gordo da vivenda ao lado e já não posso ir para a TV. Este miúdo, em certos bairros, não durava mais tempo do que um Epá a ser comido...

E pronto, é para este futuro que caminhamos.

8 comentários:

  1. ahahaha genial :)
    Podemos então concluir que, à semelhança dos gelados, a sociedade caminhou para o seu abichanamento.

    ResponderEliminar
  2. Acho delicioso o pormenor do novo "perna de Pau" sacar dos gelados directamente do seu coto, repararam? Abre a portinha secreta e zás saca de lá 3 epás!!! é muito mau.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que, tecnicamente, transforma o coto também em pochette. E isto só reforça todo o resto da argumentação...

      Uma coisa é estilizar, a outra é abichanar.

      Eliminar
  3. esses gajos estragaram tudo, os bonecos originais têm integridade e pêlo na venta, os novos são paneleiros, que inspiração e alento podem dar à criançada? tá tudo fodido...aí tudo parece mudar para pior

    ResponderEliminar
  4. Quando até os anúncios se abichanam...para onde caminhamos nos, santo Deus!

    ResponderEliminar
  5. Sempre achei o epá um gelado para choninhas, agora então...

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.