18.7.12

Dueto: O pionés e o cabelo


Tinha acordado às voltas com o raio da frase. "Engrossa cabelinho, engrossa cabelão". Não sabia se era resto de sonho, profecia, ou memória de um anúncio televisivo a um tónico capilar. A medo, passou a mão pela cabeça, mas nenhuma medusa se lhe tinha mudado para o escalpe.
Tomou um RedBull para acalmar e pensou: não deve ser nada, como da outra vez que passei uma semana a pensar na frase “tenho uma lágrima no canto do olho” e foi-se a ver nem era uma música, era um pionés que lá ficou depois da rixa na aula de trabalhos manuais.


Grazie ragazza, és grande. 


 100 palavras : 2 pessoas = Duetos improváveis plenos de falta de sentido.

4 comentários:

  1. :)
    Tu é que és!
    (aqui de fugida, no meio da vaga de calor e de trabalho)

    ResponderEliminar
  2. Meninos, parem com essa m**** dos piropos um ao outro que me dá náuses.

    ResponderEliminar
  3. Só por causa disso vou ver Erykah Badu.

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.