31.7.12

Dueto de coração partido, carcaças e um velhão


Descia a escada despreocupada sem se agarrar ao corrimão. Saiu para um beco escuro e tropeçando num pão duro deu um grande trambolhão. Já no chão desconsolada, percebeu que por aquele nada, tinha partido o coração. Nisto um homem muito velhinho e que usava capachinho apareceu e pediu-lhe a mão.

Estranhou, não o pedido, mas sim a aliteração. Não lhe dava jeito o coração partido, mas ser engatada pelo velho careca não era solução. Os membros faziam-lhe falta, ao pedido disse não, ficou o velho entretido com uma carcaça que encontrou no chão. Fez-se à estrada solteira com aliviada sensação.


Saravá e bem haja, senhorita




100 palavras : 2 pessoas = Duetos improváveis plenos de falta de sentido.

8 comentários:

  1. @MAK, O MAU, grande "resposta" à senhorita.

    ResponderEliminar
  2. Desconcertante e feliz, o dueto da escadaria!

    (um) beijo de mulata

    ResponderEliminar
  3. Vocês estragam-me com limos (é assim não é?)

    ResponderEliminar
  4. Já estás todo verde!

    ResponderEliminar
  5. Gosto muito!
    Empatado com um outro em 1º lugar!

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.