27.7.12

Dueto com picante orgânico


Abriu os olhos, estremunhada, com o barulho do despertador que não conhecia, Olhou para o desconhecido a seu lado e tentou levantar-se, enquanto verificou que as pernas não lhe obedeciam. Tentou falar mas não conseguiu emitir um único som. Baixou a cabeça e viu uma ferida aberta no abdómen. Hã???
Já tinha tido muitas ressacas, mas nenhuma que levasse o seu fígado a fugir. Podia ao menos ter deixado um bilhetinho. Mas quem era ela para exigir isso, também não ia deixar bilhete nenhum ao marmanjo deitado a seu lado. Suspirou, nem sequer tinha trazido maquilhagem para tapar a ferida.

Arigato spiced popcorn



100 palavras : 2 pessoas = Duetos improváveis plenos de falta de sentido.

11 comentários:

  1. Tks boy
    (confesso que enviei um deja vu propositadamente, mas a verdade é que o meu amigo lhe deu bem a volta, a ressaca será óbvia mas o fígado a fugitivo é digno da sua "loucura")

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  3. vou ali buscar as pipocas, que os comentários estão quase tão bons quanto os posts :)

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  5. Vamos por partes e atenção que só me vou pronunciar sobre este assunto uma vez:

    1) Não sou pessoa de me chatear por causa de blogs, começando pelo meu. A vida real tem matéria prima muito melhor para isso. Portanto, até ao momento, nada de comentários moderados, bloqueio a anónimos e por aí em diante. É um espaço livre, com direito a opiniões livres, desde que cumpram requisitos mínimos: serem providos de algum racionício lógico e não cairem na boçalidade do insulto fácil e do spam em catadupa.

    2) As únicas teorias da conspiração a que dou valor e espaço de manobra aqui são as minhas. Chamem-lhe egoísmo, mas a base é essa. Quem estiver interessado em usar este espaço para esse fim, não vá por aí. É preferível criar o seu próprio espaço para isso.

    3) Reclamações, indignações e um volume vasto de cenas acabadas em "ões" contra a minha pessoa ou sobre o meu estilo lírico dirijam-nas ao meu email, porque a linha é directa e não se incomoda o resto da freguesia. Tudo o resto é semântica.

    4) Os comentários apagados neste post não obedeciam a um dos critérios anteriores.

    ResponderEliminar
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  7. Mak, mostras ser conciso, direito e estar bem informado.

    Todo o empenho e clareza que dedicas as estas alíneas podias de igual modo dedicar-te a explicar-me o que tenho vindo a perguntar. Se tudo não passa de um mal-entendido, se não existe nenhuma conspiração..., era adequado que me fosse esclarecida a adjectivação de vaca, pornostar etc...e assim era escusado prolongar este tema e criar confusões.

    Também podes esclarecer-me por email.

    ResponderEliminar
  8. "caírem na boçalidade do insulto fácil", tem sido uma constante não sei porque vos incomodou tanto a minha linguagem...

    ResponderEliminar
  9. Não só não recorro a esse tipo de linguagem, como não tenho por hábito insultar quem quer que seja por essa via.

    Também não faço a mínima ideia de como possa estar envolvido em qualquer coisa do estilo a que te referes, pelo que em relação a isso estou completamente no escuro.

    E, tendo em conta isso tudo, por esta via não vou alimentar mais o que quer que seja nesse sentido.

    ResponderEliminar
  10. Apesar de tudo o que foi dito, agradeço a consideração pela forma como respondeste.

    Não sou a pessoa que pode ter transparecido nas palavras proferidas. São as circunstâncias... Quando se é demasiado espicaçado acabamos também por desesperar por uma simples defesa. Apenas quero defender-me e ignorar provocações já é difícil.

    Peço desculpa se acabei por incomodar a pessoa errada.

    fin de la question

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.