15.5.12

Os dois lados do oh-la-la

Para alguns, oh-la-la é uma expressão plena de glamour e finesse, passível de usar em França ou a imitar gente que esteve em França, como suplemento chic, em ocasiões especiais ou perante gente descascada que nos pareça apelativa.

Para mim, durante o dia de hoje, foi a porra da música que andou debaixo da língua durante a tarde inteira e que trouxe ao de cima todo o meu lado dread. Mas atenção, um dread com finesse, glamour e com um toque chic, não se deixem enganar pelo dente de ouro.


4 comentários:

  1. tu foste daqueles com calças que albergam 9 ninhadas de ratos e corrente na carteira?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não propriamente, embora um ou outro penteado duvidoso pudessem afirmar o contrário.

      E roupa acima do tamanho também, embora dentro de limites legais.

      Eliminar
  2. E rabo de fora das calças? E boné "a la" velhaco? :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O rabo ficava no sítio certo, há limites. Mas não existem bonés, existem caps e desses ainda tive alguns, mas deixava a parte do velhaco dentro da cabeça e não a ornamentar por fora ;)

      Eliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.