15.4.12

18

É este o número de dias que me faltam até tirar o gesso e a esses haverá que juntar o período necessário para desempanar a gânfia. Mas 18 é para já o que é preciso aguentar e tenciono fazê-lo com uma mão atrás das costas.

No entanto, deixo algumas notas de semi-inválido temporário:


Hoje em dia possuo mais calças de botões do que de fecho de correr. Fixe para o estilo, menos fixe para quem só tem dois dedos livres numa das mãos.

Consigo teclar razoavelmente rápido só com uma mão livre, para aí ao dobro da velocidade de qualquer tipo no balcão das Finanças. Quando tirar o gesso planeio continuar a teclar com uma só mão e aproveitar a direita para pintura de aguarelas.

As Urgências são fantásticas para colocar a leitura em dia. Se andam a precisar disso, sugiro ferimentos de gravidade menor quinzenalmente.

Tomar banho com um saco de plástico na mão é fácil. Difícil é baixar o braço depois de uns quantos minutos numa posição que se assemelha vagamente a estar a chamar um táxi todo nu com uma mão enfiada num saco de plástico.

Toda a gente gosta a) de fazer uma piada sobre o aleijadinho b) contar histórias ao aleijadinho sobre a época da sua vida em que também foram aleijadinhos c) dizer “ainda por cima na mão direita”.

Sacar do telemóvel do bolso é difícil, especialmente no Metro, mas ainda se recebem uns trocos pela habilidade.

3 comentários:

  1. Mais importante que tudo: já tens os autógrafos de todos os teus conhecidos e amigos no gesso? E desenhos atrevidos? Sim?
    Se a resposta foi afirmativa, não te esqueças que depois tens que o guardar religiosamente...

    ResponderEliminar
  2. Se fosses meu vizinho fazia-te o jantar. E depois fazia piadas sobre a tua aleijadice ;P

    ResponderEliminar
  3. Vic - Trabalho no meio de pseudo-artistas e decidi evitar males maiores através de uma gaze que envolve o gesso...

    Cat - Neste momento domino a arte da piada de invalidez e de qualquer gracejo à volta de mão. Estou no entanto longe de dominar qualquer refeição que envolva o uso activo de dois talheres em simultâneo.

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.