17.8.11

É possível fazer um post sobre uma unha encravada?

É.

A unha entrou no consultório com as garras de fora.

“Sôr Dótor, não imagina o que me aconteceu...”

“Então não imagino. Tem um gajo encravado nas costas.”

“Nota-se assim tanto?”

“Sim, o gajo ainda é grandito...”

“Este tipo faz-me sofrer horrores. Não é pela estética sabe, é que é incomodativo ter um matacão destes sempre colado às costas.”

“Imagino...”

“Porquê, já lhe aconteceu o mesmo? Um gajo colado às costas?”

“Eeeeehrrr...não, não, isso não.”

“Ah, bem me parecia. Então e agora, o que é que eu faço? É que, de quando em vez o tipo dá-lhe para correr e eu tenho que ir atrás. E dá-me ideia que outro dia, quando me enfiou uma meia na cabeça foi para me arrastar para o concerto do Michael Bolton...”

“Bem, tem dores?”

“Não propriamente, mas é desconfortável, sinto-me observada e o tipo trata-me com os pés.”

“Só lhe resta esperar, é o meu conselho.”

“Esperar até quando? Até cair de podre?”

“Não, há-de ser uma separação amigável.”

“Tem a certeza? Olhe que o tipo já me ameaçou com um corta unhas...”

“Isso são fases, é como a lua. Vá lá descansada...

“Descansada e com um gajo às costas. Obrigadinho, sim.”

9 comentários:

  1. muito bom!!!
    é sempre positivo ver as coisas de outra perspectiva!!!

    ResponderEliminar
  2. Uma unha encravada pode ser má...

    ResponderEliminar
  3. Especialmente quando não tem seguro de saúde...

    ResponderEliminar
  4. Ainda bem, senão isto pode tornar-se epidémico...

    ResponderEliminar
  5. Um concerto do Michael Bolton?! Tadinha da unha! Mais valia ter logo cortado a infeliz...

    ResponderEliminar
  6. Ela agora diz isso, mas antes eram unha com carne...

    ResponderEliminar
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  8. Este escapou por uma unha negra! ;-)

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.