7.6.11

O dia a seguir

Um dia depois de eleições, toda a gente foi sábia e quase todos foram pós-videntes.

Não há mesa de café, vão de escada, canto no corredor ou orador de elevador que não tenha a sentença estudada. Se não votou, é porque já sabia que ia dar nisto, é tudo uma corja. Se votou e ganhou foi apenas a confirmação do óbvio e sinal de que estamos a caminhar para onde é preciso. Se votou e perdeu é porque se estava mesmo a ver que as pessoas não sabem o que querem e agora vamos dar x passos atrás. Se votou em branco, isso é apenas o sinal dos tempos em que hoje, ontem e amanhã é sempre a mesma coisa.

Troquem eleições por separações, seduções, Liga dos Campeões, reuniões e Euromilhões e vão encontrar o mesmo tipo de especialistas na matéria – A malta que já sabia, especialmente depois de já saber.

1 comentário:

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.