24.4.11

Proposta nas horizontais

Depois de já ter cumprido mais um objectivo de vida, que era fazer um título de um post que se assemelhasse ligeiramente a uma anedota do Fernando Rocha, eis do que se vai falar nas próximas linhas.

Nos EUA, um homem pediu a namorada em casamento através das palavras cruzadas.

Primeiro que tudo, isto é extraordinário, não tanto pelo acto em si, mas simplesmente porque me prova que ainda existem pessoas com menos de 50 anos que ainda fazem palavras cruzadas. Mas, porque já vi isto divulgado em sites portugueses, sei que vai despertar uma onda criativa em muito Romeu nacional.

Assim, para além do sempre clássico “rodapé” em programas canastrões do género “Albertina, seu coração me aquece, mas se não me ligas fico com a Vanesse”, antevejo lampejos de romance em palavras cruzadas nacionais, com frases para decifrar e derreter o coração como:

“Traz mais cerveja”

“Depois da bola, tu e eu vamos aos penalties”

“Inscrevi-te no Biggest Loser”

No entanto, apesar da sensibilidade que desponta em cada esquina, prevejo ainda que este tipo de criatividade, cá por estas bandas, só vá surgir do lado masculino. Bem vistas as coisas, muitas mulheres possivelmente não acreditam sequer que o seu companheiro saiba ler...


PS - Quero é ver truques destes com Sudoku.

1 comentário:

  1. E Abril onde está?
    http://lmmgarcia.wordpress.com/2011/04/25/abril/

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.