26.11.10

Porquê o nome de Mak, porquê?

Às vezes sou abordado por pessoas que me perguntam, com algum entusiasmo “Mak, porque é que o Gregori Perelman se recusou, em 2006, a receber a medalha Fields, uma das maiores distinções existentes ao nível da matemática?”.

Não gostando eu de me meter na vida dos outros, nem sequer quando o assunto tem a ver com Conjectura de Poincaré, prefiro explicar-lhes porque escolhi o nome de Mak, o que acaba por estar relacionado.

Ser do clã McLoud ou outro parecido não sou, também não tenho acções da Apple e McDonalds a mim não me enche as medidas. A razão de eu ser Mak, tem a ver com um cromo, este cromo que aqui vos apresento.




Este, que é pai de outro artista actual com o mesmo apelido, foi um cromo mesmo difícil numa das colecções que fiz em tempos. O bandalho custou-me mais de 20 cromos em troca. E, porque a modéstia não me impede de me considerar um da mesma laia, adoptei a abreviatura. E isso leva-nos de novo ao camarada Perelman, que é dos cromos mais difíceis do mundo da geometria e da matemática já que não só recusa tudo quanto é prémio e distinção, como tem um penteado a condizer e diz que agora já nem liga à matemática porque é um tema que lhe causa mágoa.

Desiludidos?
Agora imaginem o comité da medalha Fields...

7 comentários:

  1. Errr... não é uma grande história, tenho de admitir.

    Ser mac do macdonald's era mais fixe... pedia-te logo um Big tasty.

    ResponderEliminar
  2. Ao menos os McLoud (ou lá como se escreve a coisa) eram imortais... Ou podias ser o Ronald McDonald (o palhaço do McDonald's)... :P
    Mas não, tinha de ter a ver com cromos da bola!

    ResponderEliminar
  3. Nada de novo, meu caro Kuyangana Makukula. Nada de novo.

    ResponderEliminar
  4. Perdoa-lhes Mak, que elas não sabem o que dizem. Vénia a Makukula pai (embora ache que gajo do setubal por gajo do setubal podias "chamar-te" de Yeki)

    ResponderEliminar
  5. Até me podia chamar Chiquinho Conde, mas Chiquinho Conde, o Mau não ia soar nada bem...

    Prometo usar pelo menos um rabicho de cavalo, como o gajo dos Imortais, na fase inicial, para causar menos transtorno...

    ResponderEliminar
  6. O cromo não é lá muito parecido com o filho mas jogava igualmente mal.

    ResponderEliminar
  7. Olá,eu prefiro a minha história,meu nome também é mak,pra ser mais exato makfran;MA de Maria,Fran de francisco e o K pra enfeitar(esses são os nomes de meus pais).

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.