15.10.10

Ecstasy de Sexta

Sim, eu percebo, vêm aí dois dias de regabofe, fuga ao marasmo, escape da rotina, subversão da tirania do quotidiano, etc. É normal um toque de boa disposição e, porque não, um sorriso sem coisas verdes nos dentes.

Mas, gente que todas as sextas salta e urra, saliva, que está a dois passos de ser epiléptica e a um de levar uma boa galheta, para mim tem alguma falha grave nos circuitos ou na maneira como lhe corre a vida.

Do lado oposto do espectro, igualmente em desequilíbrio, está a malta que abomina e amaldiçoa eternamente as segundas feiras.
Viver a vida satisfeito apenas dois/três dias por semana, dá menos de 50% de satisfação semanal. E muita alegria a psicólogos pelo país inteiro.

E quem quiser esgrimir argumentos em florete, estou disponível. Vistas as coisas, é SEXTTTAAAAA IUPIIIIIII.

4 comentários:

  1. Iupi o caraças, não sei o que é ter um fim-de-semana livre há 3 semanas. Vá, vaenha daí o sorriso sem coisas verdes nos dentes se faz favor... Beijos

    ResponderEliminar
  2. Eu sorrio, os limos não fazem parte da ementa, mas não me vais convencer que esses fins de semana cheios é uma agenda tortuosa e sinistra e não há regabofe à mistura...

    ResponderEliminar
  3. Dada a minha alucinação constante, e sem ecstasy ou lsd, gosto de todos os dias da semana. Não acho que o fim-de-semana tenha algo de extraordinário (expecto almoços e jantares com amigos, mas também os tenho durante a semana). De resto não vou ficar eufórica só porque posso fazer uma directa. Mas cada um lá terá os seus motivos...

    ResponderEliminar
  4. Quanto à falha grave nos circuitos, de certeza que tenho! Mas a vidinha corre bem obrigada.

    Sou das que adora as Sextas mas tenho os dentes lavados ;-)

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.