14.9.10

O fim da praia

O Sol estava abrasador. Gostava de pisar areia quente, mas tinha medo que pensassem que era masoquista. Por isso fingia-se apressado e saltitava até à areia molhada, mas nunca demasiado depressa.

Ia para a praia sozinho, mesmo quando ia com outros. Era capaz de combinar com dez pessoas diferentes e acabar por não ir ter com nenhuma.

Nesse dia decidiu ir até ao fim da praia.
Foi para além da família com a criança que parecia mais adulta que os pais. Para além do culturista que todas as semanas levava uma miúda diferente, mas que gostava mesmo era do nadador salvador. Para além até daquela rapariga que levava apenas uma toalha, um livro e um sorriso que lhe assentava bem demais para alguma vez querer ir falar com ela.

Junto à água, uma velhota apanhava com carinho algumas conchas. Por instantes pensou que seria interessante haver quem também pegasse nalguns velhotes com o mesmo carinho, os levasse para casa e os estimasse. Achou que, para fazer filosofia lamechas mais valia ir dar milho aos pombos no jardim.
Deixou-se de filosofias e chamou o vendedor de bolas de berlim. Na realidade, não gostava de bolas, mas o tempo daquele senhor de tez morena e ar cansado, era feito de dinheiro, açúcar e conversas curtas.

Amigo, onde fica o fim da praia?
Ora, fica onde o senhor quiser.
Como assim?
Então, as coisas acabam quando as pessoas querem. Se não for assim, é porque não lhes conhecem o fim.

Calou-se e deixou-o ir, ouvindo-lhe os pregões cada vez mais ao longe.
Olhou para o mar, olhou para as dunas, sentou-se e começou a pensar em ir procurar o fim de outra coisa qualquer.

5 comentários:

  1. Hummm é uma bela perspectiva, sem dúvida alguma. As coisas têm sempre um fim... podemos prolongá-las ou querer descobrir rápido esse fim mas, regra geral, têm um fim. Se bem que é o mistério que dá graça às coisas.

    ResponderEliminar
  2. Saber onde queremos que seja o fim é que nem sempre é fácil.

    ResponderEliminar
  3. Isso e pisar areia quente ;)

    ResponderEliminar
  4. Pisei por aqui pela primeira vez. E gostei ;)

    ResponderEliminar
  5. eu já fui até ao fim da praia...depois a maré subiu e ia ficando lá.
    susana

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.