4.9.10

Matrimónios bestiais

Há cerca de um ano e pouco, eu utilizava regularmente uma t-shirt a dizer "Eu nunca fui preso, nem nunca fui a um casamento", que provava que pertencia a uma elite muito restrita de portugueses.

Mas então, houve outra besta qualquer que se casou e me arruinou metade da tshirt, para não falar da reputação....

E, não é que hoje há uma besta qualquer que me vai fazer passar o patamar para "Eu já fui a dois casamentos"....

Cheira-me que, uma vez perdido por cem, sou gajo para comemorar a situação arruinando a metade da t-shirt que ainda é verdade. Só assim poderei voltar a considerar-me original, usando uma t-shirt que diga "Eu já fui preso num casamento"...

Não sendo casamento cigano, porte de arma na igreja é crime?

11 comentários:

  1. Era justinha e curtinha? Com umas lantejoulinhas discretas nos ombros? Acho que me lembro.

    ResponderEliminar
  2. Desculpa... estava apenas a armar-me em sabichona. Não faço a mínima ideia.

    ResponderEliminar
  3. lol

    Olha, se decidires ser ousado vai passear-te com essa tshirt na feira.

    ResponderEliminar
  4. Há uma forma fácil de ficares preso num casamento, Mak. Basta seres tu o noivo.

    ResponderEliminar
  5. A maioria dos criminosos em Portugal são católicos, leva a basuca que ninguem nota !

    A Cuca tem razão para a próxima sabes melhor forma de participares num casamento HEHE
    Ysse

    ResponderEliminar
  6. Só licença de parvo e, mesmo assim...

    ResponderEliminar
  7. Podes deixar à responsabilidade do padre, durante a cerimónia...

    ResponderEliminar
  8. Visto já teres publicado um post depois deste, devo partir do principio que não foste preso, mas algo me diz que passou por lá a GNR a PSP e a Judiciária e não sei se não terá sido à tua procura...

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.