10.9.10

Estou a planear não fazer planos

Há quem diga que a minha ausência dos últimos dias é a melhor coisa que aconteceu à blogosfera desde a criação de “O meu pipi” e eu, que me tornei uma referência em criar conteúdos de parco interesse e estimular um blog no mínimo duvidoso não faço planos de contestar tal afirmação.

Aliás, não faço planos de fazer nada.

Descobri estas férias, ao ser atingido na cabeça por um calhau atirado por uma criança com perto de 30 anos, que passamos demasiado tempo a fazer planos. Planos para ganhar a vida, planos para lixar a vida a outros, planos para constituir família, planos para fugir à família, planos para férias, para festas, para fugas e também para outras coisas começadas por F.

É muito plano para tão estafadas cabecinhas, mesmo para aquelas que juram a pés juntos que nasceram para planear, mesmo que o plano necessário seja arranjar um lenço para nos assoarmos. E, nesse caso, o plano deve alterar-se para fugir dessas pessoas com a maior brevidade possível.

Por isso, estas têm sido as férias sem planos, mesmo que não ter planos seja em si mesmo um plano. Mas pronto, esse eu aceito.

E têm sido boas.
O que, confesso, estava nos meus planos ao não fazer planos.

Agora vão lá trabalhar. Ou planeiam ficar o resto da manhã a olhar para tão alarve discurso não planeado?

4 comentários:

  1. O Mak tem pipi!! Pffffffffffffffff...

    ResponderEliminar
  2. Parece-me um bom plano ;-)

    ResponderEliminar
  3. Se estás a planear não fazer planos, já planeaste.
    Pronto! Fod... lixaste o plano todo!

    ResponderEliminar
  4. Quando não se planeia sai tudo mais espontâneo e acaba por ser melhor.

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.