22.9.10

A de Atazanar – Makcedário

Existiriam inúmeras maneiras de começar o Makcedário de forma graciosa. Com o “Amor” mesmo ao virar da esquina, a “Amizade” a transbordar por todos os lados e o “Álcool” para nos entorpecer a todos e pensarmos que o mundo é feito única e exclusivamente de coisas bonitas e inocentes, como eu.

Mas, isso não me diz muito. Ou melhor, diz-me tanto como a milhões de outras pessoas, são denominadores comuns, portanto é muito melhor começar com algo que me apraz sobremaneira – Atazanar.

Começa logo por ser uma derivação, originalmente de atenazar ou da variante atanazar. Assim sendo, não só vou dar uma grande volta só por causa de uma palavra, como ainda por cima já vos estou a atazanar com gramática de trazer por casa.

Uma lufada de frescura face ao aborrecido aborrecer ou até ao formal incomodar, atazanar é mais do que palavra, é uma atitude desafiante que nos permite não só ser um chatos do caraças, como ter uma palavra igualmente irritante, para nos definir.

E isso, simpáticos amiguinhos de olhos esbugalhados no monitor, se não vos deixar satisfeitos é sinal que este post serviu os seus intentos. Atazanar-vos a paciência.

3 comentários:

  1. prefiro Tanazar

    ResponderEliminar
  2. hahaha, o que eu gosto de atazanar a malta. Muito bom!

    ResponderEliminar
  3. Falhaste a mim ninguém me atazana !
    Y

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.