13.8.10

Um fim de semana de morrer

Ora bem, eu vou agora a caminho do Algarve, passar um fim de semana à maneira e vocês estão aqui. Como tal, achei apropriado deixar aqui uns belíssimos dez minutos de um grande senhor a descontextualizar aquilo que é a morte.

Espero que gostem, nem que seja para matar o tempo.



Apropriadamente, o senhor está morto.

6 comentários:

  1. O teu humor anda muito negro... muitas piadinhas em torno da morte por parte de um senhor que já morreu. Weird

    ResponderEliminar
  2. "Apropriadamente, o senhor está morto."
    Não faz mal, ficámos com os vídeos!

    ResponderEliminar
  3. É o que acontece a quem fala antes do tempo. Mais valia ter estado caladinho.

    ResponderEliminar
  4. Ora, não é ser mórbido, é apenas trivializar um pouco um determinado aspecto da vida que tendemos a sobrecarregar de emoções negativas.

    ResponderEliminar
  5. Já paguei várias vezes o jantar e consigo sentar-me sozinha. Ah, também sou desenrascada ao ponto de saber abrir a porta do carro. E já ofereci flores, (e garrafas de vinho). Apesar de tudo isto, um gesto destes por parte de um homem, de vez em quando, cai bem.
    Beijos

    ResponderEliminar
  6. Espero que não tenha sido um lapso freudiano isto vir parar ao post sobre morte...

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.