12.8.10

Querida, ajuda-me a escolher roupa para um assalto


Zé Manel – Querida, vou sair agora para o banco.
Querida – Ó Zé, mas vais assim?
Zé Manel – Assim como?
Querida – Com essa gabardine suja e esse cabelo todo desgrenhado... Tudo bem que é um assalto, mas um bocadinho de aprumo não faz mal a ninguém.
Zé Manel – Mas querida, agora não tenho tempo, está tudo planeado...
Querida – Ó Zé...francamente. Vá, é um instantinho, passa lá no quarto, dá lá um jeitinho, vá.

(Zé vai ao quarto)

Zé Manel – E assim querida, vou bem?
Querida – Ai Zé, mais valia não teres ido. Essa pistola não condiz nada com esse fato de macaco...E o que é isso com a máscara de palhaço??? Vais ao banco ou vais ao circo? Isto para não falar que pode haver crianças no banco e nem todas gostam de palhaços.
Zé Manel – Opáaaa. Já estou atrasado. Não pode...
Querida – Não Zé, não pode. Nem parece teu pensares assim. Vai lá, pensa um bocadinho e pronto, não custa nada. Vais lá para roubar, não é para passares vergonhas.

(Zé volta ao quarto)

Zé Manel – Querida, tem que ser desta.
Querida – Deixa ver...Bem, das galochas não gosto muito, mas acho que esse roupão até dá um toque caseiro à coisa. Do género, venho fazer um assalto mas até podia ser da vossa família. Chateia-me é que não tenhas feito a barba, ficas com um ar mastronço.
Zé Manel – Ai mãezinha....
Querida – Sim, se a tua mãezinha fosse viva, queria mesmo que fosses a um banco fazer um assalto com a barba por fazer. Vê-se logo. Vá, vai lá buscar uma das minhas meias de seda para meteres na cabeça e, pronto, roubas só o mini-mercado, que ao menos é do bairro e as pessoas já estão habituadas.
Zé Manel – O mini mercado?? E o banco?
Querida – Vais roubar bancos, quando te souberes vestir à altura. Agora vais ao mini mercado, não te ponhas a disparar para o tecto, que as balas são para poupar e, já agora, trazes meia dúzia de ovos e 1 amaciador para cabelos espigado.
Zé Manel – Ok, querida....

8 comentários:

  1. O Zé Manel é um bocado manso ou é impressão minha?

    ResponderEliminar
  2. José Manuel Pinheiro Manso.

    ResponderEliminar
  3. pois é, se ao invés de Zé Manel fosse Zé Mohamed aposto que a história era outra.

    ResponderEliminar
  4. Fizeste-me lembrar Woody Allen em Inimigo Público número 1, tem uma cena parecida. O que eu me ri com esse filme.

    ResponderEliminar
  5. Se és fã do Woody Allen, procura no tu do tubo, excertos audio de stand up comedy que o gajo fazia, em início de carreira.

    Tem lá coisas divinais.

    Exemplo: http://www.youtube.com/watch?v=PZBRKaChmIw

    ResponderEliminar
  6. não sabia, tenho de ir ver isso. Ainda ontem estive a despachar especiais da década de 80 de Eddie Murphy (Raw, de 1987, salvo erro, brutal) e de Chris Rock (o seu melhor registo é o stand up). Sou fã de bons artistas do género, vou procurar isso, obrigado.

    ResponderEliminar
  7. Taditxos, precisam de nós para tudo.

    ResponderEliminar
  8. Lool! Se isso acontecesse antes de todos os assaltos..iam sofrer uma grande queda!

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.