27.8.10

A chegada à firma – Um dia na vida de um inútil

Cheguei por volta das nove. Normalmente durmo uma hora ou duas na casa de banho antes de entrar, mas hoje é horário de Verão e vou tentar aproveitar.

“O que é isso do horário de Verão?”, perguntam vocês, enquanto usam uma folha A4 para tentar retirar um resto de chamuça que têm entre os dentes desde o pequeno almoço.

É um horário para detectar mandriões, ou seja, ver quem é que chega a horas na perspectiva de poder sair mais cedo, quando nunca o faz em dias normais. Simplificando – entrando ligeiramente mais cedo, almoçando em menos tempo e tendo o trabalhinho orientado, às 6as feiras no Verão, posso estar na rua a partir das 15h, sem que isso signifique despedimento.

Hoje elogiaram a minha barba de 3 dias. Não percebi porque disseram que tinha um toque esverdeado...

Continuo a dizer às pessoas e ao resto que não bebo café. Mas acho que só querem meter conversa comigo.

2 comentários:

  1. Deve ser qualquer coisa que tu emanas... cheiro a lavado?

    ResponderEliminar
  2. São 11:05h e nada... estás atrasado :(

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.