13.7.10

Pessoas com menos de 1,70m não têm concerto

Para aqueles que me conhecem, não é novidade eu dizer que sou capaz de assumir o ponto de vista dos outros. Para quem não me conhece, não se voltem agora que eu estou atrás de vocês a espreitar o vosso computador.

Wallpaper com gatinhos, sim senhor, muito bonito…

Mas, esta história dos pontos de vista, tem um pouco que ver com os concertos da semana passada. Quiseram as forças do universo que eu tivesse em altura o que não tenho em bom senso e vai daí, resolveram presentear-me com 1,85m.
Não sendo um gigantone, nunca tive problemas de maior a ver concertos e em vê-los bem. Mais perto ou mais longe, mais de frente ou mais de lado, a coisa era sempre visível. Como por norma tenho na minha entourage pessoas mais baixas, sempre existiu o cenário recorrente de ouvir “Vamos mais para ali, que estão uns cabeçudos à frente” ou “Daqui não se vê nada, nem sequer consigo ver bem o video-wall”.

Soltando alguns impropérios, fui acedendo a esta gente mais pequenina, pois não sou de acirrar sofrimentos. Até que, neste último festival, imbuído de espírito experimentalista e algum álcool no bucho, decidi ver parte de um concerto pelos olhos deles e baixei-me até para aí 1,60m e pouco, mantendo-me assim durante uns bons minutos.

Depois do que vi (ou melhor, do que não vi), vou fazer três linhas de pesar.



É muito difícil ver mais que costas e gente a pular numa perspectiva normal e o palco é visto da mesma forma que um tigre vê uma potencial refeição através da folhagem, a espaços e em esforço.
Tentei dar alguma esperança a uma ou duas pessoas e levantei-as à minha altura, para terem a minha perspectiva. Choraram primeiro e depois deram-me uma chapada.

Larguei-as e desapareceram no meio da floresta lá em baixo.

19 comentários:

  1. Do alto do meu metro e cinquenta e seis, posso afirmar que nunca na vida vi o palco, e que há muito deixei de tentar, ficando-me pelos ecrãs gigantes. Aliás, só recentemente descobri que há pessoas que vêem o palco nos concertos. Para mim foi um choque!

    ResponderEliminar
  2. Não sendo baixa, não tenho os teus 1.85. Para a próximas alugas-me as costinhas?

    ResponderEliminar
  3. @ Luna - A minha progenitora tem exactamente essa altura. Quando eu tinha 13 anos percebeu que era difícil impor respeito quando se é olhada de cima para baixo :)

    @ Pipoca - Não, porque a seguir teria que te matar. Tenho uma embirração especial por torres humanas que se mantenham mais de dez segundos e já por diversas vezes atirei objectos contra as mesmas.
    Não eram contundentes, mas ajudavam...

    ResponderEliminar
  4. É nessas alturas que se percebe como é bom ser alto.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Felizmente também vejo os concertos assim do alto, o que é um privilégio.
    A semana passada fui a um concerto mais pequeno, com um grupinho de pessoal e a desgraçada da miúda com metro e meio não viu nada, fiz o mesmo teste que tu. Não seria justo haver descontos, como se fosse bilhete para crianças?

    ResponderEliminar
  6. 1.64 here... and proud. Porquê? Não sei. Mas gosto.

    ResponderEliminar
  7. Aqui te baixo te envio um sincero agradecimento pela compreensão.

    ResponderEliminar
  8. LOOOOOOOL
    eh pah já tive um 1,60 algures durante a minha curta vidinha, mas já passei essa altura e estou na casa dos 1,80 xD.
    Realmente não tenho muitos problemas em concertos e nunca pensei nessa perspectiva.
    E isto não são gatinhos, são Koalas com um barrete de pai natal pah, vai ao oftalmologista xD

    ResponderEliminar
  9. Ah... então tu és um dos cabeçudos que me impede de ver as coisas... sacaninha.

    ResponderEliminar
  10. AH então eras tu à minha frente num dos muitos concertos a que fui e havia sempre um gajo cabeçudo e alto à minha frente. Voces, os altos, deviam ser obrigados a ir pra as filas de trás.

    ResponderEliminar
  11. E quando os ecrãs gigantes avariam? Do alto do meu 1,57m, contento-me em ouvir os concertos...

    ResponderEliminar
  12. Eu estou contigo. Do alto do meu 1.80m também não tenho problemas nenhuns em concertos e afins, a não ser que esteja alguém às cavalitas de alguém (o que me irrita) ou com cartazes no ar (que também me irrita). Também fiz a experiência de me baixar para ver como era daquele ângulo e não é lá muito agradável não...

    ResponderEliminar
  13. ah e até escrevi sobre isso no meu blog, graças a ti.

    ResponderEliminar
  14. Eu, com 1.68, não vejo, nem deixo ver, ando ali pelo meio. Afinal no meio não está a virtude, mas sobrevive-se ;)

    ResponderEliminar
  15. (fiz uma citação, note-se, rasca, mas uma citação)

    ResponderEliminar
  16. Optimus Alive 2009, dia de Metallica. Som tão bom que era de ir às lágrimas. Imagem, viste-la? Nem eu. Na maior parte do tempo nem os ecrãs gigantes consegui ver. Em compensação a malta grande, os cabeçudos, os cartazes, as cavalitas, etc. não me afligem, porque eu não vejo de qualquer maneira.
    Menino Ricardo, tenho 1,60m, a minha filha tem 11 anos e já mede 1,65m, mas ainda consigo impor o respeito... a minha provecta idade e a minha cara de má ajudam! Vamos lá a ver por quanto tempo!

    ResponderEliminar
  17. Eu c/ 1m70, vou aos concertos mas de 1m80. Viva ao salto de rampa tacão !
    Ter 1m70 ou hoje em dia é fácil ! :P

    ResponderEliminar
  18. Assim só pra início de conversa: na Holanda és baizinho, vá lá, pronto, normal.
    Eu sou anã, mas isso não é praqui chamado, certo?

    ResponderEliminar
  19. Este post tocou-me ao coração :')
    Com os meus 1.56 m posso dizer que por vezes concertos, festivais, bailes e afins, podem ser traumatizantes. Nunca mais me esqueço do fatídico ano de 2004, querer "VER" Muse no SBSR e pensar: "Ah, desta vez não me deixo ficar, vou lá para a frente nem que morra!" Não morri, mas acabei o concerto encharcada em suor do gajo que estava colado (literalmente) a mim. Pois, não parece nada de mais. Deixem-me clarificar. O senhor estava à minha frente, dos seus 1.85 e sem a "puta" da T-shirt! Foi mais ou menos isto: http://www.youtube.com/watch?v=ZxyWUQVvF40&feature=related

    Moral da história? Se tiveres 1.56 m de altura não vás a concertos de Verão! Se fores na mesma, não vás lá para a frente e se fores na mesma lá para a frente leve pelo menos uma toalha absorvente e um desodorizante!

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.