12.7.10

Cortes de água fazem de nós homens


A sociedade, a par de televisão a mais e alguns exfoliantes torna-nos mais moles. Começamos a pensar que, para além do banho regular, um cremezito não vai fazer de nós menos machos, que já agora arranja-se a sobrancelha porque um acerto nunca pode ser considerado depilação e, pelo meio usa-se um gel magnífico para a pele não se irritar com a barba a ser feita todos os dias. Quando se dá por isso, já a população masculina está dividida sobre qual a posição correcta em relação a pintar as unhas dos pés.

Até que uma 2a feira acordas e não há água. Esperas uns minutos, enquanto pões um creme para as mãos que ficaram ásperas de tanto tentar abrir a torneira.

Continua a não haver água.

E de repente sentes o teu cheiro natural e pensas, enquanto olhas com alguma vergonha para o toalhete húmido que ias usar para safar a situação - Não, o cheiro a homem não é uma coisa má. E, enquanto lavas a cara na sanita, onde subsiste a última água limpa no horizonte, sorris. Å barba irregular e o penteado aleatório não fazem de ti um bandalho, fazem de ti um tipo com personalidade que não se deixa domar pelas regras e nem sequer tens de beber um Sumol para isso.

Escolhes uma camisa florida e uns óculos escuros modernos. Ponderas até fazer um corte no lábio para poderes parecer o Joaquin Phoenix na sua nova fase. Sais à rua confiante, se o Tom Hanks ia ganhando um Oscar nesses preparos, imagina as possibilidades.
As pessoas afastam-se para te verem passar.
Preferes acreditar nisso, do que pensar que é do teu cheiro.

A sociedade não te domou, tu és um homem.

6 comentários:

  1. Ainda assim, um que não tomou banho hoje. Mas não faz mal até porque só estão 15º - algures neste planeta. E as pessoas que se afastam de si é só por respeito e nada terá a ver com o banho não tomado. Estou certa disso. ;)

    ResponderEliminar
  2. Ai não não não, eu podia ficar fechada em casa um mês, mas não saía de casa sem tomar o meu banho diário.

    Ou não fosse eu mulher.

    ResponderEliminar
  3. Isso do banho diário é um exagero português, chegará o dia em que o protocolo de Quioto tomará isso em conta. Um gajo só tem de lavar a cara e os sovacos no lavatório.

    ResponderEliminar
  4. A barba, o cheiro à macho, o ar confiante. Tudo muito bem. Agora, vires aqui falar-me do Tom Hanks é, passando a expressão Kittyfaniesca, um grande corta-interesse.

    ResponderEliminar
  5. hum... daí o relato inflamado de várias pessoas (na tvi, claro) de um certo cheiro que se sentia no ar em determinadas zonas de lisboa ;)

    ResponderEliminar
  6. "Esperas uns minutos, enquanto pões um creme para as mãos que ficaram ásperas de tanto tentar abrir a torneira", máscula a visão...

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.