6.6.10

Tangas em tournée

Sempre me disseram que eu era um bocado tangas.

Sempre respondi que não era bem assim e que uma vez o meu pai tinha ido à NASA e lá lhe tinham dito que eu tinha capacidades especiais e por isso era melhor serem meus amigos, senão lá mais para a frente ainda se arrependiam.

Até que me explicaram que isso era ser um bocado tangas.

Sendo assim, resolvi ir conhecendo outros que fossem como eu. Tipo este.

E pronto, lá fui eu hoje tirar a limpo o que é isso de meter água por todos os lados.

4 comentários:

  1. Aquela farripa de cabelo que escorre pela careca. É muita classe mesmo.

    ResponderEliminar
  2. A tua ideia é assustar o pessoal?

    ResponderEliminar
  3. Ora, se este é como o Mak... então o Mak é como este.

    Preocupante, preocupante.

    ResponderEliminar
  4. Um belo exemplo. Se o país tem de estar de tanga, porque não começar pelos governantes?

    Isto de Portugal ainda vai-se a ver e é para os apanhados.

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.