23.6.10

Saudade

Vá, não custa admitir. Vocês querem dizer-me algo muito parecido com:

“Epá tu parece que não estás presente, falamos contigo e tu não respondes como deve de ser, vais falando mas não estás cá e assim não vamos a lado nenhum”.

Alto lá, quanto muito vocês é que não vão, porque eu continuo lá por fora. A não ser que já tenha sido deportado e, nesse caso, eu sou aquele tipo com que abriram as notícias ontem.
Sabendo que isto é um suponhamos, a coisa tem estado animada e faz-me lembrar os tempos agitados em que fazia tournées com a Cesária (se não acreditam, vejam o meu sorriso franco ao minuto 4.42).



Já viram e, ainda assim não acreditam?

É por causa de gente desconfiada como vocês que o mundo não avança e blogs como este têm uma clientela muito duvidosa.

E, ainda assim, só para vocês, eu deixo uma troca de palavras que certamente já deve ter verificado e que só um marialva como o Google Tradutor é capaz de levar à letra.

“Si je suis MAK? Celui qui a un palonço blog? Ne pas confondre, je suis le fils que Mère Teresa n'a jamais voulu reconnaître.”

5 comentários:

  1. Anelka não diria melhor... ;)

    ResponderEliminar
  2. Mère Teresa de Calcutá? :))

    ResponderEliminar
  3. ola,como vai??gostaria de parceria??visite meu blog:
    http://scullysta-nua.blogspot.com
    aguardo....

    ResponderEliminar
  4. Primeira visita...Só passando pra dar os parabéns pelo blog! Muitos comentários,temas legais e muito citado :) Só uma opinião: coloque menos vídeos (d´preguiça de ver) e menos coisas pra traduzir (acho que ninguém o faz)...Como vós micê mesmo diz "gente opinativa e de moral dúbia"...Mas continuarei a vir...

    Bjos, sua leitora preguiçosa;]

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.