7.6.10

Cinco dias, cinco verdades

Como eu não estou cá, vou aproveitar para dizer-me coisas que não tenho coragem de fazer cara a cara comigo mesmo. Só para ver se eu aprendo, que da vossa parte não tenho esperança nenhuma.


Primeira verdade

Quando era pequeno não percebia muito bem a diferença entre ser criativo e ser mentiroso. Vai daí, mentia um bocado. Depois de crescer, comecei a perceber a diferença. Agora sei ser criativo sem mentir e ser mentiroso sem grande criatividade.

Acho que tenho mais problemas.

5 comentários:

  1. É que agora não te perdoam. Estás lixado.

    ResponderEliminar
  2. Eu só minto desde Fevereiro de 2007. Achei que já era tempo.

    ResponderEliminar
  3. I'm lies free since 2003.

    Achei que isto teria mais impacto em inglês. Enganei-me.

    ResponderEliminar
  4. Ah ah ah! Experimenta dizer sempre a verdade, dá menos trabalho e muito mais serenidade.

    ResponderEliminar
  5. Dizer a verdade dá menos trabalho? Não concordo nada. O principal motivo pelo qual minto é, precisamente, para não ter trabalho.

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.