13.5.10

Gostas do meu corpo?

Como creio já ter referido, era com esta frase com um amigo meu gostava de iniciar um diálogo ao telefone, depois de teclar ao acaso uma extensão no seu local de trabalho. Por norma uma voz cavernosa a arfar e o facto de não estar no seu lugar ajudavam à festa.

Mas, o que interessa aqui é que, tal como a voz, muitas vezes a escrita não corresponde ao personagem real. Assim sendo, tendo em conta que é apenas um escasso número de pessoas aquele que conhece verdadeiramente o crápula por detrás destes parágrafos, façam-me um favorzinho e descrevam-me.

Sim, eu aguento o pior retrato possível, o mais imaginativo e até a noção de um Brad Pitt radicado em Alfornelos ou de um Quasímodo de lantejoulas.

Eu quero acreditar que aguento

26 comentários:

  1. Por acaso, eu associei-te de imediato à imagem que tens no teu perfil.
    Um tipo muito masculino, com barba e muita rudez.

    Mas pronto... isto é só a minha imaginação a trabalhar... porque afinal de contas nós imaginamos aquilo que queremos e muito provavelmente és só um tipo completamente citadino de fatinho e mente perversa ;)

    ResponderEliminar
  2. Acho que não tenho o direito de destruir os sonhos de ninguém. Vou-me abster de comentários...

    ResponderEliminar
  3. Tás a ver o Gollum, do Lord of The Rings? Pois...

    Mak, my precioussssssssssssss

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. Concordo com a Su.
    Selvagem, guerrilheiro e poeta com um cheirinho de america latina pelo meio...assim mais ou menos uma metamorfose entre Joe Lara, Pablo Neruda e Che Guevara com barba

    ResponderEliminar
  6. It would be perfect if you were hot.

    But given the time and effort you spend in this blog, most likely you're not.

    But I'd like to meet you anyway.

    Cat

    ResponderEliminar
  7. Verde, com antenas e um olho no meio da testa! :)

    ResponderEliminar
  8. Nunca tinha pensado nisso. Mas deves ser um gajo normal, ou seja, sem nada a apontar, que gosta de andar de calças de ganga e sapatilhas, ver futebol e que não o chateiem. será?

    ResponderEliminar
  9. Qualquer coisa entre o Miguel Esteves Cardoso e o Pedro Mexia? Estilisticamente falando, claro (não te estou a chamar gordo).

    ResponderEliminar
  10. Jasus... Tanta gaja a comentar! Só com isto vais ficar com o ego cheio... Vais, vais...

    Sinceramente não sei. Gosto do que escreves, da maneira que escreves e como o escreves. Associar uma imagem a estas constatações... Imediatamente me surge um sósia do Johnny Depp, em nú integral :-)!

    Que raio... Sei lá eu...

    ResponderEliminar
  11. Por muito que se tente dar uma imagem diferente da nossa pela voz e pela escrita, acabamos sempre por nos denunciar mais tarde ou mais cedo.
    Pela maneira de escrever, posso dizer que é um tipo cheio de imaginação que leu e lê muito e em paralelo, inteligente, com um grande poder de argumentaçao e algum sentido de humor. Cativam-me pessoas que escrevem bem.
    Agora associar isso a uma imagem, é como dar um tiro no escuro. É igual. Tanto pode ser um Brad Pitt, como o gajo mais feio e disforme do planeta.
    É habitual pormos a nossa imaginação a trabalhar, quando lemos um livro e quando o autor desse livro, faz uma descrição física do personagem e mesmo assim a forma como eu vejo essa pessoa não vai ser certamente a forma como outros a vão ver.

    Mas agora lanço um desafio, utilize essa sua capacidade descritiva a que já nos habituou, e faço o seu retrato físico, para depois podermos opinar ;)

    ResponderEliminar
  12. Eu acho que tu deves ser como o gajo dos filmes do John Wayne. Aquele, o tal ;)

    ResponderEliminar
  13. Hum...tipo homem-elástico. Alto e desconjuntado. Sei lá eu porquê.

    ResponderEliminar
  14. Alto, magrinho muito moreno, cabelo escuro, barba rija! ;)

    ResponderEliminar
  15. Com esse sentido de humor e essa prosa, bem podes parecer-te com o room mate do Hugh Grant no Nothing Hill. Who cares??
    Mas imagino-te de estatura mediana, mais para o magro, nem demasiado bonito, nem muito feio, mas com algum detalhe realmente apelativo - talvez os olhos. :)

    ResponderEliminar
  16. Ui... Isso é muito difícil, mas diria que ia ser uma surpresa muito agradável que esse sentido de humor viesse agarrado a um miúdo alto e espadaúdo, bem apessoado e que gostasse de longas horas de palheta!

    Mas isto sou eu em imaginações... Já são 2 e 11 da matina, o que faz com que já esteja meia a dormir. :P

    ResponderEliminar
  17. Na minha cabeça já foste treze mil oitocentas e setenta e cinco pessoas diferentes. Cada vez que leio o que escreves tento reproduzir uma imagem tua; como será a tua cara quando estás em frente a esse computador por onde agora lês isto, ou apenas, como será esse mistério de cara de todo. Para mim já representas-te tanto do «Bom» como do «Mau» tal qual do «Vilão», e estas, são apenas três, das treze mil oitocentas e setenta e cinco. É da tua escrita, depende dos dias e do que escreves. Não devias escrever tão bem, assim não teria “tanta” curiosidade ao passo que imaginação (…)

    R.v

    ResponderEliminar
  18. Não te leio há muito tempo mas dá para perceber que és sensível, arguto, vivaz, cheio de humor e de cabeça arejada. Se tens o corpinho em V ou não, qu'importa?

    ResponderEliminar
  19. Imagino-te alto, atlético e masculino.
    Podes ser o mais baixinho da equipa de Basquete mas driblas admiravelmente, fazer jogging para abater os pneus da barriga e ter o rabo descaído de tantas horas sentado em frente ao computador ;-)

    ResponderEliminar
  20. Mas tu existes?!

    ResponderEliminar
  21. Sei lá o caraças. Imagino-te mais velho que eu, por isso, se fores parecido co o Rob Lowe passa cá em casa. Beijos

    ResponderEliminar
  22. Tu és aquele gajo que está sempre a mandar piadas. Muitas vezes só um ou dois é que percebem. E esses são os teus favoritos.
    És popular mas preferes que te deixem em paz.
    Jantaradas e afins estás em todas, mas não dispensas estar sozinho.
    Ris-te das tuas próprias piadas.
    És alto, tens um daqueles sorrisos que deixam as mulheres nervosas mas, estranhamente, não te caem todas aos pés.
    A estupidez cansa-te e a falta de humor desespera-te.
    Deves ter um feitiozinho tramado mas no fundo és um fofo.
    Não sei qual será a tua actividade profissional mas penso que estejas ligado à comunicação social ou similar/complementar.

    ResponderEliminar
  23. Epá, depois de tanto comentário, choro.

    Essencialmente, porque sei que fica bem chorar depois de opinarem sobre nós. Seja de alegria ou de desespero, o importante é chorar. Para que no final de contas não digam apenas, "Epá, é um calhau insensível". Assim sendo, tratem-me apenas por calhau.

    Como ouvi uma vez "Não minto, nem desminto". Não estavam à espera que eu andasse para aí a quebrar mitos de mão beijada, pois não?

    Mas, durante estas férias, estive com uma pessoa que me conhece e lê o blog (quebrando a teoria de que eu não existo) e me disse em relação a este post - "Já viste que ninguém disse que tu eras louro?"

    Não tinha visto.
    E cofiei as minhas longas tranças louras ao pensar no assunto.

    Ou então não.
    Mais à frente voltarei a falar sobre o assunto.

    ResponderEliminar
  24. Longas tranças louras... e não sei porquê fiquei a imaginar-te parecido com as personagens do Astérix

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.