5.3.10

O último modelo em amigos



- Bom dia, podia dar-me uma informação.

- Com certeza. Diga, por favor.

- Aquele amigo que está na montra, estava a pensar comprar um...Qual é o preço?

- O amigo? Não prefere antes o conhecido? Não é tão completo, mas também é menos exigente e só paga quando utiliza.

- Pois...sabe, é que eu já tive uns quantos desse tipo e, quando é preciso, nunca funcionam. Daí o meu interesse no amigo da montra.

- Hmmm, de facto já não é o primeiro que diz isso dos conhecidos. E que tal um colega, como estes que eu tenho aqui atrás? Impecáveis em horário de expediente, tirando o modelo crápula obviamente e, de quando em vez, funcionam até em horário pós-laboral. E é preciso não esquecer que, com sorte, o upgrade de colega para amigo pode sair-lhe mais em conta...

- Não, não, colega não. Conheço quem tenha adquirido um desses de top , começou a usá-lo fora do expediente e agora anda todo enrolado com ele.

- Mas isso é prova que o modelo é altamente atractivo.

- Não quando já tem um modelo familiar em casa...

- Ah, isso não. Modelo colega de topo não é compatível com o modelo familiar, dá sempre confusão. Na loja deviam-no ter informado disso.

- Sabe como é, as pessoas nunca lêem os manuais. E contra mim falo, obviamente. Mas e então quanto ao amigo...

- O da montra? Sabe, se calhar é melhor esperar por uma promoção. No Natal é sempre mais fácil ou, se calhar, no seu aniversário.

- Oiça, eu quero mesmo um amigo. E aquele da montra parece-me bem. Importa-se de me dizer o preço??

- Pois...sabe é que aquele é mesmo a sério. Dos verdadeiros, que duram para a vida.

- Mas isso é óptimo! Melhor ainda...

- Pois...só que um amigo a sério não tem preço.

- Não tem? Quem disse?

- O fabricante...

- Ahh....mas, sendo assim, porque é que está na montra?

- É o artigo de exposição, só para demonstração. Nunca pensámos que houvesse alguém que o quisesse levar. Não têm assim muita saída. Hoje em dia, os conhecidos e os parceiros de rambóia, que vêm com mp3 e kit festa rija é que estão a dar. Não quer ao menos levar um catálogo?

- Deixe estar, eu preciso mesmo é de um amigo...

- Só se tentar na loja aqui ao lado...eles costumavam ter amigos de ocasião. Parecem iguais a os outros, só que às vezes desaparecem e nunca mais ouvimos falar deles. Mas, para uma necessidade imediata....

- Bem, ok, vou ver, pode ser que sirva. Obrigado e bom dia.

- Disponha sempre. Bom dia.

8 comentários:

  1. So faltram o amigo da onça e o do alheio, mas de resto está espectacular...;)

    ResponderEliminar
  2. Esses são da candonga, não valia a pena perguntar na loja ;)

    ResponderEliminar
  3. Ora ai está uma coisa na qual eu não gastaria dinheiro... antes só que mal acompanhada !
    O que as pessoas ainda não perceberam é que copos e cigarros só se bebem e fumam c/ aqueles que tem pouca procura ! Depois queixam-se ! :P

    ResponderEliminar
  4. O que é uma amigo colorido?

    ResponderEliminar
  5. Consegue ser genial e triste ao mesmo tempo, mas se calhar não falta muito para ser assim... Olha tenho muito poucos dos que não têm preço, alguns de ocasião e muiiiitos conhecidos. Eu considero-me daquelas que não tem preço e faço por isso alegremente, dá-me prazer!

    ResponderEliminar
  6. @ Sabina - Em lojas, conseguir arranjar um amigo colorido é f@€£‰¶ (que piada colorida...)

    @ M. Kin - Lá por não teres preço, espero bem que não te ponham na montra das lojas ;)

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.