7.12.09

Mulher por um dia

Fizeram um desafio aqui ao artista residente. “Então e se fosses mulher por um dia?”. Eu, que vi “A Mosca” e sou pouco dado a experiências arriscadas, não fiquei muito entusiasmado, mas depois disseram-me, não tens de te maquilhar, depilar, nem passar o fim de semana a ver os DVD’s do “Sexo e a Cidade”. É só a fingir.

Sendo assim, fiquei mais descansado e fui a correr com um amigo à casa de banho para lhe contar as novidades. Depois, comecei a pensar, tendo eu uma boa % de senhoras que me visita (no blog, gente perversa), que posso avançar sem ser extremamente rude da minha parte, nem realista o suficiente para haver malta a começar a pensar que sou mesmo uma jovem desinibida.

Foi aí que me ocorreu: “Espera lá, vais mas é falar de uma coisa chique, com muito nível, que ponha aí as garotas todas contentes e não iradas ao ponto de te lançarem uma fatwa”. E foi assim que chegámos este magnífico blog PeanutOak, onde não faltam acessórios de extrema originalidade e fino requinte. E, ainda por cima, com um passatempo de alto gabarito no Facebook, que a troco de uma simples frase vos pode pôr nas mãozinhas esta malinha original, exclusiva e ÚNICA. Sim, não correm o risco de ver uma cabra (é assim que se diz ou fui muito agressivo?) ao vosso lado com uma igual.



Espera lá, dirão alguns espíritos mais inquietos, mas esta história toda de ser mulher por um dia, não foi um engodo só para nos venderes esta ideia com uma desenvoltura que até apita?

Com um riso ligeiramente maquiavélico digo “Nunca saberão, muahahah”. Mas, AMIGAS (é assim?), se acharem que valeu a pena, não precisam de ir a correr contar-me à casa de banho. Um simples comentário chega.

6 comentários:

  1. a fingir ou não, bem ou mal, a verdade é que vou concorrer amiga!! que me deste a conhecer umas coisas bem giras e, certamente, bem caras também. ainda bem que há um passatempo, senão... tirava-te já dos meus links, cabra, só a querer fazer inveja!

    ResponderEliminar
  2. avisa quando for esse dia..:)

    ResponderEliminar
  3. Hum, ainda estás preso aos conceitos antigos! Precisamos de um Mak Gaja, mais moderno! Daqueles que vai à cada de banho sozinho (já não me lembro da última vez que fui à casa de banho com uma amiga), quando quer uma mala original faz ela mesma, ou tem concerteza alguma amiga que a faça, não chamas as outras garotas de cabras, porque não tem nada contra elas (caso realmente não tenha) e não trata as amigas por "amigas". ;)
    Quero ver isso! :P

    ResponderEliminar
  4. @Miss - Posso concordar em parte na fase inicial, mas estes ouvidinhos de tísico têm ouvido "cabra" e "amiga" em muito sítio por onde passo.


    Mas, aceito sempre sugestões ;)

    ResponderEliminar
  5. Hei tens andado em sítio muito dark... Nesses sítios deves ouvir amiga pela frente e cabra por trás! ;)
    Sabes como é, há de um tudo...

    ResponderEliminar
  6. Está muito bem. Agora dá-me lá uma sugestão para completar a frase no passatempo. Se eu ganhar, deixo-te dar umas voltinhas com a mala, que é bem gira.

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.