28.10.09

Como identificar um palhaço


Ser palhaço e ser divertido não é exactamente a mesma coisa. Para já, o tamanho dos sapatos é diferente e depois, num sentido mais literal, ser divertido não obriga a tantos cuidados de maquilhagem.

Fazer rir, até certo ponto, não é algo que se possa aprender na plenitude. Nasce com certas pessoas e o máximo que muitas outras podem fazer é tentar, com muito trabalho, conseguir alcançar um pouco do que os “predestinados” do riso conseguem sem qualquer esforço.
Desconfio quer das pessoas que riem de tudo, sem qualquer critério, quer das que tentam ser engraçadas à força, vulgo palhaços. Quando é natural, o riso/humor é uma ferramenta social do melhor que há, vão por mim que há muito que teria sido retirado do mercado se não conseguisse, aqui e ali, fazer despontar uns sorrisos.

Mas, quando é mal utilizado ou é abusivo, como é natural que ocorra na mão de palhaços, torna-se incomodativo, vive do desconforto alheio, torna os lugares e as pessoas mais pequenas. O riso é contagiante, mas a vergonha alheia também o é.

Longe de mim passar por sumidade na matéria. Sou como sou e se tentasse não ser assim, não era eu (profundo como a Fossa das Marianas). Não acho que toda a gente tem que ser engraçadinha, rezo para que toda a gente não tente ser engraçadinha. Às vezes, os melhores momentos de humor vêm de pessoas que 92% do seu tempo são pouco dadas a esse tipo de atitude.
Vai daí, tenho pouca pachorra para palhaços. Maquilhados ou não. E isso não tem nada a ver com o facto de qualquer pessoa ter direito a fazer humor, seja ele bom, mau ou humorfrodita. É fácil distinguir um palhaço. E não é preciso procurar um nariz vermelho.

Basta ter sentido de humor.

4 comentários:

  1. Eu adoro o teu sentido de humor.
    A sério :-)

    ResponderEliminar
  2. Muito bem.

    Acrescento só que normalmente, quase sempre, os palhaços são sempre muito mais ruidosos do que os divertidos.
    Fazem alarve da sua palhaçada.

    ResponderEliminar
  3. Concordo mesmo... Aturam-se palhaços verdadeiramente deprimentes. Quanto mais se esforçam pior.

    ResponderEliminar
  4. Portanto passaste por uma experiência destas (ver um palhaço a actuar, entenda-se) recentemente e não a quiseste deixar passar em claro. É bem!

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.