3.4.09

Aula e pára o baile


Há pessoas que nascem com o dom da pedagogia, outras apenas com pés chatos. A verdade é que nunca vi para o meu futuro uma carreira num corpo docente e tomara eu que o meu futuro inclua um corpo decente. Por isso, segui o meu caminho e deixei essa história de dar aulas para quem tem vocação ou, como muitas vezes acontece, para quem não tinha outra saída possivel.

Mas, recentemente, fui convidado a dar uma aula. Eu, que normalmente só sou convidado a baixar o tom de voz e a sair ordeiramente. Era uma coisa extra-curricular, ir a uma universidade e falar à malta sobre aquilo que faço. Perguntei se a turma estava de castigo. Não perceberam a piada.

A questão é que, de repente pensei, “Poderá haver gente interessada no que eu tenho a dizer?”. O blog não é um bom indicador, porque não sou parvo em fulltime (ou quase). Para descobrir, só tive um remédio, ir dar a referida aula.

Surpreendi-me, correu bem e ao que parece-me sou uma pessoa extremamente interessante ou muito habilidosa a projectar isso mesmo. E os alunos foram cinco estrelas, quase nem se notou que estavam algemados.

3 comentários:

  1. E amordaçados?;) Senão gabo-te a coragem:)have a nice weekend!!!

    ResponderEliminar
  2. Que texto espectacular! Não admira que tenha corrido bem. :)

    ResponderEliminar
  3. Andas a seguir as pisadas do Kinder...(tu com um 43 e ele com um 39, é certo)

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.