9.1.09

Vacina de raiva

Tive a oportunidade de esta semana, pela primeira vez na vida, passar parte do meu tempo num canil. Sim, tenho as vacinas em dia e não, não fui apanhado desprevenido pela carrinha.
Sendo eu apreciador dos chamados animais de companhia, grupo genérico onde por vezes incluo as pessoas, posso dizer que é um sítio onde o ambiente é, no mínimo, opressivo.

Mas, acima de tudo, mesmo de cheiros, de sons e do esforço de pessoas que tentam fazer algo positivo desta situação, houve um raciocínio que me ficou na cabeça, por mais idiota que possa parecer:

As pessoas estão na prisão para pagar pelos erros que cometeram. Os cães (e também os gatos) estão na prisão (sentimento que o melhor canil não faz esquecer) maioritariamente a pagar pelos erros que as pessoas cometem.

Tendo em conta que no caso dos canis municipais a pena de morte/abatimento é uma solução comum, a expressão mundo cão ganha uma nova perspectiva desagradável, inevitavelmente para os cães, mas muito mais para as pessoas.

6 comentários:

  1. tens os canis municipais. tens leis, tristes leis, para cumprir. tens associações de defesa dos animais que também não têm melhores condições para ter os cães. mas têm as unicas que lhes resta em vez da pena capital. tens pessoas que precisam ir de ferias e largam os cães na primeira esquina. e tens os locais de ferias que raramente podem receber os cães. tens os filmes em que o cão leva os chinelos ao dono e a realidade em que o cão roi os chinelos do dono. tens o dono que devolve o cão porque o cão não é igual ao do filme.
    mas tens sempre um cão que fica contente quando chegas a casa.
    cerebro de galinha têm algumas pessoas dentro da cabeça.

    ResponderEliminar
  2. Disponibilizo-me desde já, se alguém precisar de deixar um animal.
    Mas qualquer dia, até a nós... somos animais a abater...

    AP

    ResponderEliminar
  3. não consigo entrar num canil...

    ResponderEliminar
  4. Mak, adoptaste um cão? Se já nutria uma grande estima por ti, agora então!...

    ResponderEliminar
  5. @ sff - Desta vez tive que lá ir em trabalho, mas embora não tenha adoptado, já apadrinho um, algo que recomendo a quem já tenha e não possa ter mais, a quem não tenha, mas goste de ajudar e, em geral, a toda a gente.

    ResponderEliminar
  6. Que maravilha de Mak. Porque é que não fazes um post com a foto do teu novo afilhado? Gostava de ver...

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.